A maior rede de estudos do Brasil

Diferencie os precessos de ionização e polarização, detalhadamente.

Química

UNICESUMAR


1 resposta(s)

User badge image

Especialistas PD

Há mais de um mês

Ionização é o processo em que átomos ou um grupo de átomos neutros são carregados eletricamente, isto é, adquirem carga elétrica. Quando um ou mais elétrons são removidos, são formados os íons positivos (cátions). E quando esses elétrons se unem a um novo grupo carregando-o negativamente, são formados os íons negativos (ânions). Uma substância molecular sofre ionização ao entrar em contato com a água, dando origem a íons.

Por exemplo, o gás clorídrico (HCl ) que é formado por moléculas, em seu estado natural. Observe que o hidrogênio está ligado ao ametal cloro e que há diferença de eletronegatividade entre o H e o Cl, caracterizando uma polaridade na molécula. Quando esta molécula é dissolvida em água, os dipolos da água podem enfraquecer suficientemente a ligação covalente, ocasionando a divisão da molécula. Na divisão, o par eletrônico fica com o cloro, que é mais eletronegativo que o hidrogênio. A molécula HCl é transformada em íons H3O+ (H+ + H2O → H3O+) e Cl- pela ação da água , e dizemos que o HCl sofreu ionização.

HCl + H2O → H3O+ + Cl-

Polarizabilidade é a facilidade com que a nuvem de elétrons de uma molécula pode ser distorcida. Os átomos que se distorcem facilmente são chamados de muito polarizáveis. Pode-se esperar que um ânion seja muito polarizável se ele for volumoso (Ex: íon iodeto, I-). Nos íons volumosos e muito polarizáveis, o núcleo do íon exerce um efeito relativamente pequeno sobre os elétrons mais externos, que estão muito distantes. Como resultado, a nuvem eletrônica de um ânion volumoso é facilmente distorcida.

Os átomos e íons capazes de provocar grandes distorções na nuvem eletrõnica de seus vizinhos tem alto poder de polarização. Um cátion pode ter um alto poder de polarização se ele é pequeno e tem número elevado de cargas (Ex: cátion Al3+). Um raio pequeno significa que o centro de cargas de um cátion com carga elevada fica muito perto do ânion e pode exercer forte atração sobre seus elétrons.

Ionização é o processo em que átomos ou um grupo de átomos neutros são carregados eletricamente, isto é, adquirem carga elétrica. Quando um ou mais elétrons são removidos, são formados os íons positivos (cátions). E quando esses elétrons se unem a um novo grupo carregando-o negativamente, são formados os íons negativos (ânions). Uma substância molecular sofre ionização ao entrar em contato com a água, dando origem a íons.

Por exemplo, o gás clorídrico (HCl ) que é formado por moléculas, em seu estado natural. Observe que o hidrogênio está ligado ao ametal cloro e que há diferença de eletronegatividade entre o H e o Cl, caracterizando uma polaridade na molécula. Quando esta molécula é dissolvida em água, os dipolos da água podem enfraquecer suficientemente a ligação covalente, ocasionando a divisão da molécula. Na divisão, o par eletrônico fica com o cloro, que é mais eletronegativo que o hidrogênio. A molécula HCl é transformada em íons H3O+ (H+ + H2O → H3O+) e Cl- pela ação da água , e dizemos que o HCl sofreu ionização.

HCl + H2O → H3O+ + Cl-

Polarizabilidade é a facilidade com que a nuvem de elétrons de uma molécula pode ser distorcida. Os átomos que se distorcem facilmente são chamados de muito polarizáveis. Pode-se esperar que um ânion seja muito polarizável se ele for volumoso (Ex: íon iodeto, I-). Nos íons volumosos e muito polarizáveis, o núcleo do íon exerce um efeito relativamente pequeno sobre os elétrons mais externos, que estão muito distantes. Como resultado, a nuvem eletrônica de um ânion volumoso é facilmente distorcida.

Os átomos e íons capazes de provocar grandes distorções na nuvem eletrõnica de seus vizinhos tem alto poder de polarização. Um cátion pode ter um alto poder de polarização se ele é pequeno e tem número elevado de cargas (Ex: cátion Al3+). Um raio pequeno significa que o centro de cargas de um cátion com carga elevada fica muito perto do ânion e pode exercer forte atração sobre seus elétrons.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes