A maior rede de estudos do Brasil

apol

“O ano de 631 foi marcado também pelo hadjdj, a grande peregrinação dos árabes do Hedjaz à Meca e adjacências [...]. O Profeta não participou dela, mas enviou seu delegado, Ali, para ler uma revelação referente ao paganismo: nenhum descrente entrará no Paraíso, nenhum ‘associador’ poderá doravante participar da peregrinação... (Corão IX, 3-5). Essa peregrinação [...] assinalará o triunfo do Islã”.    Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: MANTRAN, Robert. Expansão Muçulmana: (Séculos VII-XI). São Paulo: Pioneira, 1977. p. 70.      Considerando o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base A viagem e suas narrativas no Islã medieval sobre a peregrinação aos locais sagrados do Islã, assinale a alternativa correta:  A Foi constante durante todo o período medieval, principalmente nos períodos de guerra.  B Era essencial na vida do muçulmano, pois a peregrinação ritual até Meca era um dos cinco pilares da fé islâmica.  C Possuía um caráter ligado ao mundo pré-islâmico, separado da religião e unido ao parentesco.  D Era dificultada aos peregrinos pelo fato de os habitantes locais terem receio deles e evitarem o contato com os viajantes.  E Foi restrita aos povos que habitavam próximos à Península Arábica e à cidade de Meca, devido aos problemas de deslocamento no interior do Islã.


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O Islamismo possui cerca de 1.5 bilhões de seguidores. É, assim como o Cristianismo, uma religião que derivou do Judaísmo por meio do Pentateuco. A diferença básica é que os mulçumanos seguem ao alcorão, sua escritura sagrada que contém os testamentos de Maomé (o último profeta).


Pelo texto, e pelo conhecimento da história do Islamismo, podemos concluir que a peregrinação era (e ainda é) essencial na vida do muçulmano, pois era um dos cinco pilares da fé islâmica.

O Islamismo possui cerca de 1.5 bilhões de seguidores. É, assim como o Cristianismo, uma religião que derivou do Judaísmo por meio do Pentateuco. A diferença básica é que os mulçumanos seguem ao alcorão, sua escritura sagrada que contém os testamentos de Maomé (o último profeta).


Pelo texto, e pelo conhecimento da história do Islamismo, podemos concluir que a peregrinação era (e ainda é) essencial na vida do muçulmano, pois era um dos cinco pilares da fé islâmica.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

O Islamismo possui cerca de 1.5 bilhões de seguidores. É, assim como o Cristianismo, uma religião que derivou do Judaísmo por meio do Pentateuco. A diferença básica é que os mulçumanos seguem ao alcorão, sua escritura sagrada que contém os testamentos de Maomé (o último profeta).


Pelo texto, e pelo conhecimento da história do Islamismo, podemos concluir que a peregrinação era (e ainda é) essencial na vida do muçulmano, pois era um dos cinco pilares da fé islâmica.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

O Islamismo possui cerca de 1.5 bilhões de seguidores. É, assim como o Cristianismo, uma religião que derivou do Judaísmo por meio do Pentateuco. A diferença básica é que os mulçumanos seguem ao alcorão, sua escritura sagrada que contém os testamentos de Maomé (o último profeta).


Pelo texto, e pelo conhecimento da história do Islamismo, podemos concluir que a peregrinação era (e ainda é) essencial na vida do muçulmano, pois era um dos cinco pilares da fé islâmica.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas