A maior rede de estudos do Brasil

Que tipos de moléculas orgânicas podem funcionar como antígenos e quais aqueles capazes de causar uma resposta imunogênica mais intensa?


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para resolver este problema devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre imunologia e biologia celular.


Antígeno pode ser entendido como uma substância que quando inserida no organismo, provoca uma reação do sistema imune, levando a produção de anticorpos. Temos como antígenos na maior parte polissacarídeos e proteínas, sendo que estas moléculas podem estar presentes em bactérias, vírus, toxinas, células de superfície e etc. Sendo que os antígenos podem se originar de células do corpo do próprio organismo ou ambiente externo.

Os antígenos mas fortes são os com peso molecular mais alto, estes são responsáveis por liberação maciça de citocinas e linfocinas, que geram produção em escala de linfócitos T, estes são encontrados em estafilococos, estreptococos, microplasmas e outras bactérias


Portanto as moléculas orgânicas que podem funcionar como antígenos são as que possuem normalmente polissacarídeos e proteínas, podendo ser encontrado em bactérias, vírus e etc. As que podem causar resposta imunológica mais forte, é as que tem antígeno com massa molecular pesada, sendo chamados de superantígeno, sendo encontrado normalmente em estafilococos, estreptococos, microplasmas e outras bactérias.

Para resolver este problema devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre imunologia e biologia celular.


Antígeno pode ser entendido como uma substância que quando inserida no organismo, provoca uma reação do sistema imune, levando a produção de anticorpos. Temos como antígenos na maior parte polissacarídeos e proteínas, sendo que estas moléculas podem estar presentes em bactérias, vírus, toxinas, células de superfície e etc. Sendo que os antígenos podem se originar de células do corpo do próprio organismo ou ambiente externo.

Os antígenos mas fortes são os com peso molecular mais alto, estes são responsáveis por liberação maciça de citocinas e linfocinas, que geram produção em escala de linfócitos T, estes são encontrados em estafilococos, estreptococos, microplasmas e outras bactérias


Portanto as moléculas orgânicas que podem funcionar como antígenos são as que possuem normalmente polissacarídeos e proteínas, podendo ser encontrado em bactérias, vírus e etc. As que podem causar resposta imunológica mais forte, é as que tem antígeno com massa molecular pesada, sendo chamados de superantígeno, sendo encontrado normalmente em estafilococos, estreptococos, microplasmas e outras bactérias.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Imunologia Clínica


Para resolver este problema devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre imunologia e biologia celular.


Antígeno pode ser entendido como uma substância que quando inserida no organismo, provoca uma reação do sistema imune, levando a produção de anticorpos. Temos como antígenos na maior parte polissacarídeos e proteínas, sendo que estas moléculas podem estar presentes em bactérias, vírus, toxinas, células de superfície e etc. Sendo que os antígenos podem se originar de células do corpo do próprio organismo ou ambiente externo.

Os antígenos mas fortes são os com peso molecular mais alto, estes são responsáveis por liberação maciça de citocinas e linfocinas, que geram produção em escala de linfócitos T, estes são encontrados em estafilococos, estreptococos, microplasmas e outras bactérias


Portanto as moléculas orgânicas que podem funcionar como antígenos são as que possuem normalmente polissacarídeos e proteínas, podendo ser encontrado em bactérias, vírus e etc. As que podem causar resposta imunológica mais forte, é as que tem antígeno com massa molecular pesada, sendo chamados de superantígeno, sendo encontrado normalmente em estafilococos, estreptococos, microplasmas e outras bactérias.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Para resolver este problema devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre imunologia e biologia celular.


Antígeno pode ser entendido como uma substância que quando inserida no organismo, provoca uma reação do sistema imune, levando a produção de anticorpos. Temos como antígenos na maior parte polissacarídeos e proteínas, sendo que estas moléculas podem estar presentes em bactérias, vírus, toxinas, células de superfície e etc. Sendo que os antígenos podem se originar de células do corpo do próprio organismo ou ambiente externo.

Os antígenos mas fortes são os com peso molecular mais alto, estes são responsáveis por liberação maciça de citocinas e linfocinas, que geram produção em escala de linfócitos T, estes são encontrados em estafilococos, estreptococos, microplasmas e outras bactérias


Portanto as moléculas orgânicas que podem funcionar como antígenos são as que possuem normalmente polissacarídeos e proteínas, podendo ser encontrado em bactérias, vírus e etc. As que podem causar resposta imunológica mais forte, é as que tem antígeno com massa molecular pesada, sendo chamados de superantígeno, sendo encontrado normalmente em estafilococos, estreptococos, microplasmas e outras bactérias.

User badge image

Ingrid Souza

Há mais de um mês

çalPSPOWQSPOKOPQWSKOKQ

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas