A maior rede de estudos do Brasil

Diferencie motivação intrínseca e extrínseca dos trabalhadores numa organização sustentando com exemplos práticos.


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Administração de Recursos Humanos.
A Administração consiste numa área responsável pelo estudo e análise de técnicas e processos para - como o próprio nome sugere - administrar. Trata-se de uma área muito ampla, contemplando desde a administração de negócios até a gestão de pessoas e recursos com o intuito de atingir metas previamente estabelecidas.

Em especial, a Administração de Recursos Humanos, também chamada de Gestão de Pessoas, compreende um conjunto de métodos e técnicas com o objetivo de gerir comportamentos internos da empresa a fim de potencializar os recursos humanos de uma organização fazendo com que os mesmos apresentem um crescimento pessoal e que sejam direcionados para o cumprimento das metas da empresa.


Nesse contexto, a motivação intrínseca é aquela que vem de dentro, isto é, ela advém do "eu interior" para motivar os indivíduos na busca de seus objetivos. Como exemplo cita-se a satisfação pessoal de ver uma meta alcançada. Por sua vez, a motivação extrínseca é aquela oriunda de fatores externos. Como exemplo cita-se um bônus salarial por meta atingida.
Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Administração de Recursos Humanos.
A Administração consiste numa área responsável pelo estudo e análise de técnicas e processos para - como o próprio nome sugere - administrar. Trata-se de uma área muito ampla, contemplando desde a administração de negócios até a gestão de pessoas e recursos com o intuito de atingir metas previamente estabelecidas.

Em especial, a Administração de Recursos Humanos, também chamada de Gestão de Pessoas, compreende um conjunto de métodos e técnicas com o objetivo de gerir comportamentos internos da empresa a fim de potencializar os recursos humanos de uma organização fazendo com que os mesmos apresentem um crescimento pessoal e que sejam direcionados para o cumprimento das metas da empresa.


Nesse contexto, a motivação intrínseca é aquela que vem de dentro, isto é, ela advém do "eu interior" para motivar os indivíduos na busca de seus objetivos. Como exemplo cita-se a satisfação pessoal de ver uma meta alcançada. Por sua vez, a motivação extrínseca é aquela oriunda de fatores externos. Como exemplo cita-se um bônus salarial por meta atingida.
User badge image

Avraham Ben Zohar

Há mais de um mês

A motivação é a força que impulsiona uma pessoa a se movimentar em direção aos seus objetivos. Este sentimento de engajamento pode estar relacionado às metas relacionadas à carreira, saúde ou vida pessoal e estas podem ser despertadas de diversas formas que podem ser divididas entre motivação intrínseca e extrínseca. Continue lendo para entender mais sobre o assunto.

O que é a motivação intrínseca
A motivação intrínseca trata daquela que depende exclusivamente do indivíduo e que está diretamente ligada aos seus sentimentos, gostos, prioridades, desejos e outros estímulos relacionados às questões internas.

Um indivíduo pode estabelecer alguns objetivos para a carreira e fazer tudo que é possível para cumpri-los. Pode ser que ele deseje uma promoção ou um emprego em uma empresa mais interessante, mas entende que para isso é preciso se especializar mais. Então, ele busca uma pós-graduação ou curso complementar.

Outro ponto que tem ligação com a vida profissional é o campo das relações interpessoais. Pessoas introvertidas ou que têm dificuldade de conversar podem sentir que existam obstáculos em criar relacionamentos no ambiente de trabalho. Muitos colaboradores podem conviver com a introspecção por vários anos, porém aquele que entende a importância de criar e manter relacionamentos com colegas de trabalho saí na frente. Esse tipo de funcionário compreende a necessidade de se criar e sustentar uma rede de profissionais. Isso pode trazer, por exemplo, novas oportunidades. Além disso, as relações interpessoais cooperam para criar um ambiente de trabalho agradável.

Ainda existe o caso do colaborador que entrega um bom trabalho, porém considera que poderia melhorar em diversos pontos. E ele pode ter percebido isso sozinho ou a partir de feedbacks. De qualquer forma, ele entende a necessidade de desenvolver seus pontos fortes e diluir os pontos negativos. Nesse caso o objetivo é se tornar um profissional mais empoderado e contribuir para que a empresa tenha resultados ainda melhores. Para conseguir essas metas, o funcionário vai atrás de ajuda profissional como coaching. O método irá ajudar a encontrar quais são os itens da personalidade dele que poderiam ser evoluídos para que ele se torne um trabalhador mais capacitado. O processo também poderá cooperar para a evolução na vida pessoal.

Falando em vida pessoal, os objetivos também podem estar relacionados a esse setor. Pode ser que você esteja em um relacionamento que não está fluindo naturalmente como era no início. Apesar da dificuldade, vocês desejam seguir com a relação. Um coaching de relacionamento pode servir como uma luva para esse caso. Com a ajuda profissional, será possível encontrar quais pontos você e seu companheiro ou companheiro poderia evoluir. Além desse tipo de ajuda, você também pode recorrer a Constelação Familiar, um tipo de psicoterapia que busca entender os problemas de uma ou várias pessoas a partir de acontecimentos do passado da família dela ou delas.

Outro ponto relacionado à vida pessoal é a questão da saúde. Infelizmente, nem todas as pessoas fazem exames regulares o que leva a descoberta tardia de algumas doenças. Para prevenir ou curar problemas de saúde é preciso que o colaborador esteja disposto a reservar parte do seu tempo para ir ao médico, fazer os exames solicitados e seguir com as orientações corretamente. Lembre-se de que, em alguns casos, cuidar da sua saúde não o impede de realizar um bom trabalho!

Podemos também dizer que é a motivação intrínseca é a capacidade de se automotivar, uma habilidade determinante para o desenvolvimento contínuo do indivíduo. Nesse sentido, o autoconhecimento é fundamental para compreender claramente o que o impulsiona e gera energia para concretizar seus objetivos.

O que é a motivação extrínseca
A motivação extrínseca é bastante utilizada pelas empresas como forma de manter os funcionários engajados. Esse estímulo está relacionado às ações que acontecem de fora para dentro.

É papel do líder ou gestor observar atentamente o que está acontecendo com a sua equipe para agir caso aconteça alguma situação fora do comum. Para prevenir acontecimentos negativos relacionados à falta de produtividade, é possível trabalhar com o desenvolvimento de um plano de carreira que inclui planejamento de evolução de cargo, treinamentos e cursos complementares. Essa atividade deve ser realizada juntamente com o setor de Recursos Humanos ou Gestão de Pessoas. Outra ação interessante é realizar feedbacks regulares para entender o que está acontecendo com cada um da equipe. Essas reuniões devem contar a autoavaliação e com a análise da gestão e liderança também.

Ainda existe o caso da falta de estímulo ser algo geral e não somente focado em um funcionário. Para cooperar na resolução desse problema, é interessante promover palestras motivacionais com profissionais especializados ou workshops que trabalhem as habilidades individuais e do grupo.

Se o problema for individual e relacionado à vida pessoal do colaborador, é preciso ter mais cuidado. Nesses casos é interessante contar com a ajuda de um profissional da psicologia ou apenas dar o espaço necessário para que o funcionário resolva essas questões internas. Um problema pessoal não resolvido, ou pior, solucionado pela metade, pode trazer falta de produtividade e entregas abaixo da qualidade esperada.

User badge image

Rafael Dantas

Há mais de um mês

Como Chiavenato(2010) vê a história da humanidade?

Essa pergunta já foi respondida!