A maior rede de estudos do Brasil

como se faz um relatorio de coloraca de gram

MicrobiologiaESTÁCIO EAD

4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Procedimento da coloração para todos os métodos:

Cobriu-se o esfregaço com cristal violeta durante 1 minuto;

Lavou-se com água corrente (somente um fio de água) evitando incidir o jato diretamente sobre o esfregaço;

Cobriu-se com lugol durante 1 minuto;

Repetiu-se a lavagem;

Descorou-se com álcool/acetona(gotejou-se a solução até que não saia mais o corante);

Repetiu-se a lavagem;

Cobriu-se com fucsina durante 30 segundos;

Repetiu-se a lavagem;

Esperou-se a lâmina secar naturalmente ao ar livre.

Objetivo: Demonstrar a importância da coloração de Gram e estabelecer a distinção entre:

Bactérias Gram-positivas e Gram-negativas;

As morfologias cocos, bacilos;

Arranjos bacterianos (estafilococos, estreptococos, etc.;

Leveduras.

Materiais:

- Lâminas,placas de petri, vidro de relógio, cadinho, pistilo, pisseta, béquer, água destilada, óleo de imersao, frasco com álcool/areia, alça bacteriológica, microscópio óptico, bico de bunsen, balança analítica, capela, luvas.

- Solução de cristal violeta, lugol, álcool/acetona, fucsina.

- Activia(bifidobacterium animalis), caldo de cana, yakult, placa sem nome, placa do tanque de peixes.

Microscopia: Examinou-se a amostra ao microscópio. Colocou-se a lâmina com amostra corada ao microscópio e focalizou-se com a objetiva 10X, logo em seguida, mudou-se para a objetiva 20X e focalizou-se, após, mudou-se para a objetiva 50X e focalizou-se e antes de mudar para a última objetiva, pingou-se uma gota do óleo de imersão na lâmina contendo a amostra e mudou-se para a objetiva 100X e novamente focalizou-se.

Analisando os resultados:

- Activia (Bifidobacterium animalis) - observou-se a presença de cocos, diplococos e estaphylococus gram-positivos;

- Yakult – Observou-se a presença de bactérias gram-positivos;

- Caldo de cana – Observou-se a presença de muitas leveduras e bacilus gram-positivos e gram-negativos;

- Placa sem nome – Observou-se a presença de leveduras, bacilus gram-negativos e gram-positivos;

- Placa com água (tanque peixes) – Observou-se a presença de bacilus gram-negativos.

Preparo de Soluções:

As soluções de Cristal Violeta e Fucsina que utilizamos, ja estavam preparadas.

Procedimento da coloração para todos os métodos:

Cobriu-se o esfregaço com cristal violeta durante 1 minuto;

Lavou-se com água corrente (somente um fio de água) evitando incidir o jato diretamente sobre o esfregaço;

Cobriu-se com lugol durante 1 minuto;

Repetiu-se a lavagem;

Descorou-se com álcool/acetona(gotejou-se a solução até que não saia mais o corante);

Repetiu-se a lavagem;

Cobriu-se com fucsina durante 30 segundos;

Repetiu-se a lavagem;

Esperou-se a lâmina secar naturalmente ao ar livre.

Objetivo: Demonstrar a importância da coloração de Gram e estabelecer a distinção entre:

Bactérias Gram-positivas e Gram-negativas;

As morfologias cocos, bacilos;

Arranjos bacterianos (estafilococos, estreptococos, etc.;

Leveduras.

Materiais:

- Lâminas,placas de petri, vidro de relógio, cadinho, pistilo, pisseta, béquer, água destilada, óleo de imersao, frasco com álcool/areia, alça bacteriológica, microscópio óptico, bico de bunsen, balança analítica, capela, luvas.

- Solução de cristal violeta, lugol, álcool/acetona, fucsina.

- Activia(bifidobacterium animalis), caldo de cana, yakult, placa sem nome, placa do tanque de peixes.

Microscopia: Examinou-se a amostra ao microscópio. Colocou-se a lâmina com amostra corada ao microscópio e focalizou-se com a objetiva 10X, logo em seguida, mudou-se para a objetiva 20X e focalizou-se, após, mudou-se para a objetiva 50X e focalizou-se e antes de mudar para a última objetiva, pingou-se uma gota do óleo de imersão na lâmina contendo a amostra e mudou-se para a objetiva 100X e novamente focalizou-se.

Analisando os resultados:

- Activia (Bifidobacterium animalis) - observou-se a presença de cocos, diplococos e estaphylococus gram-positivos;

- Yakult – Observou-se a presença de bactérias gram-positivos;

- Caldo de cana – Observou-se a presença de muitas leveduras e bacilus gram-positivos e gram-negativos;

- Placa sem nome – Observou-se a presença de leveduras, bacilus gram-negativos e gram-positivos;

- Placa com água (tanque peixes) – Observou-se a presença de bacilus gram-negativos.

Preparo de Soluções:

As soluções de Cristal Violeta e Fucsina que utilizamos, ja estavam preparadas.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Procedimento da coloração para todos os métodos:

Cobriu-se o esfregaço com cristal violeta durante 1 minuto;

Lavou-se com água corrente (somente um fio de água) evitando incidir o jato diretamente sobre o esfregaço;

Cobriu-se com lugol durante 1 minuto;

Repetiu-se a lavagem;

Descorou-se com álcool/acetona(gotejou-se a solução até que não saia mais o corante);

Repetiu-se a lavagem;

Cobriu-se com fucsina durante 30 segundos;

Repetiu-se a lavagem;

Esperou-se a lâmina secar naturalmente ao ar livre.

Objetivo: Demonstrar a importância da coloração de Gram e estabelecer a distinção entre:

Bactérias Gram-positivas e Gram-negativas;

As morfologias cocos, bacilos;

Arranjos bacterianos (estafilococos, estreptococos, etc.;

Leveduras.

Materiais:

- Lâminas,placas de petri, vidro de relógio, cadinho, pistilo, pisseta, béquer, água destilada, óleo de imersao, frasco com álcool/areia, alça bacteriológica, microscópio óptico, bico de bunsen, balança analítica, capela, luvas.

- Solução de cristal violeta, lugol, álcool/acetona, fucsina.

- Activia(bifidobacterium animalis), caldo de cana, yakult, placa sem nome, placa do tanque de peixes.

Microscopia: Examinou-se a amostra ao microscópio. Colocou-se a lâmina com amostra corada ao microscópio e focalizou-se com a objetiva 10X, logo em seguida, mudou-se para a objetiva 20X e focalizou-se, após, mudou-se para a objetiva 50X e focalizou-se e antes de mudar para a última objetiva, pingou-se uma gota do óleo de imersão na lâmina contendo a amostra e mudou-se para a objetiva 100X e novamente focalizou-se.

Analisando os resultados:

- Activia (Bifidobacterium animalis) - observou-se a presença de cocos, diplococos e estaphylococus gram-positivos;

- Yakult – Observou-se a presença de bactérias gram-positivos;

- Caldo de cana – Observou-se a presença de muitas leveduras e bacilus gram-positivos e gram-negativos;

- Placa sem nome – Observou-se a presença de leveduras, bacilus gram-negativos e gram-positivos;

- Placa com água (tanque peixes) – Observou-se a presença de bacilus gram-negativos.

Preparo de Soluções:

As soluções de Cristal Violeta e Fucsina que utilizamos, ja estavam preparadas.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Procedimento da coloração para todos os métodos:

Cobriu-se o esfregaço com cristal violeta durante 1 minuto;

Lavou-se com água corrente (somente um fio de água) evitando incidir o jato diretamente sobre o esfregaço;

Cobriu-se com lugol durante 1 minuto;

Repetiu-se a lavagem;

Descorou-se com álcool/acetona(gotejou-se a solução até que não saia mais o corante);

Repetiu-se a lavagem;

Cobriu-se com fucsina durante 30 segundos;

Repetiu-se a lavagem;

Esperou-se a lâmina secar naturalmente ao ar livre.

Objetivo: Demonstrar a importância da coloração de Gram e estabelecer a distinção entre:

Bactérias Gram-positivas e Gram-negativas;

As morfologias cocos, bacilos;

Arranjos bacterianos (estafilococos, estreptococos, etc.;

Leveduras.

Materiais:

- Lâminas,placas de petri, vidro de relógio, cadinho, pistilo, pisseta, béquer, água destilada, óleo de imersao, frasco com álcool/areia, alça bacteriológica, microscópio óptico, bico de bunsen, balança analítica, capela, luvas.

- Solução de cristal violeta, lugol, álcool/acetona, fucsina.

- Activia(bifidobacterium animalis), caldo de cana, yakult, placa sem nome, placa do tanque de peixes.

Microscopia: Examinou-se a amostra ao microscópio. Colocou-se a lâmina com amostra corada ao microscópio e focalizou-se com a objetiva 10X, logo em seguida, mudou-se para a objetiva 20X e focalizou-se, após, mudou-se para a objetiva 50X e focalizou-se e antes de mudar para a última objetiva, pingou-se uma gota do óleo de imersão na lâmina contendo a amostra e mudou-se para a objetiva 100X e novamente focalizou-se.

Analisando os resultados:

- Activia (Bifidobacterium animalis) - observou-se a presença de cocos, diplococos e estaphylococus gram-positivos;

- Yakult – Observou-se a presença de bactérias gram-positivos;

- Caldo de cana – Observou-se a presença de muitas leveduras e bacilus gram-positivos e gram-negativos;

- Placa sem nome – Observou-se a presença de leveduras, bacilus gram-negativos e gram-positivos;

- Placa com água (tanque peixes) – Observou-se a presença de bacilus gram-negativos.

Preparo de Soluções:

As soluções de Cristal Violeta e Fucsina que utilizamos, ja estavam preparadas.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas