Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Em que a comunicação é importante para o Assistente social?


6 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Todos os dias, assistentes sociais devem se comunicar com os clientes para obter informações, transmitir informações críticas e tomar decisões importantes . Sem habilidades de comunicação eficazes , um assistente social pode não ser capaz de obter ou transmitir essas informações, causando efeitos prejudiciais aos clientes.

Habilidades de comunicação eficazes são um dos componentes mais importantes do trabalho de um assistente social. Todos os dias, assistentes sociais devem se comunicar com os clientes para obter informações, transmitir informações críticas e tomar decisões importantes. Sem habilidades de comunicação eficazes, um assistente social pode não ser capaz de obter ou transmitir essas informações, causando efeitos prejudiciais aos clientes.

Uma parte significativa do trabalho de um assistente social envolve entrevistar clientes e outras partes envolvidas no atendimento de um cliente. Para fornecer os serviços e aconselhamento mais eficazes, um assistente social deve desenvolver a capacidade de ouvir atentamente e prestar atenção aos detalhes. Isso pode envolver aprender a fazer anotações detalhadas para lembrar facilmente o que foi dito mais tarde.

Todos os dias, assistentes sociais devem se comunicar com os clientes para obter informações, transmitir informações críticas e tomar decisões importantes . Sem habilidades de comunicação eficazes , um assistente social pode não ser capaz de obter ou transmitir essas informações, causando efeitos prejudiciais aos clientes.

Habilidades de comunicação eficazes são um dos componentes mais importantes do trabalho de um assistente social. Todos os dias, assistentes sociais devem se comunicar com os clientes para obter informações, transmitir informações críticas e tomar decisões importantes. Sem habilidades de comunicação eficazes, um assistente social pode não ser capaz de obter ou transmitir essas informações, causando efeitos prejudiciais aos clientes.

Uma parte significativa do trabalho de um assistente social envolve entrevistar clientes e outras partes envolvidas no atendimento de um cliente. Para fornecer os serviços e aconselhamento mais eficazes, um assistente social deve desenvolver a capacidade de ouvir atentamente e prestar atenção aos detalhes. Isso pode envolver aprender a fazer anotações detalhadas para lembrar facilmente o que foi dito mais tarde.

User badge image

Sheila Faria

Há mais de um mês

A comunicação interpessoal ocorre a todo momento e o mais importante no processo de comunicar é saber ouvir para poder interpretar com exatidão o conteúdo da mensagem do emissor. Um bom assistente social deve dar e receber feedback e nem sempre a comunicação é uma habilidade nata, há então que se treinar.
A comunicação é para o profissional de serviço social como uma ferramenta tátil e disponível para que os bens e serviços públicos ofertados e de direito de todo cidadão, para que cheguem até os mesmos sem interrupções ou falhas.
Mais do que ouvir e falar, o ato de comunicar torna-se expressão da partilha, do comprometimento do assistente social com os usuários, assim esse profissional deve demonstrar interesse ao ouvir e consideração ao falar. A comunicação na prática do assistente social constitui-se dessa maneira como forma de ajudar outra pessoa a alcançar seus objetivos de maneira mais efetiva. Nesse ínterim há que mais uma vez o assistente social refletir sobre sua postura nessa transmissão de informações agregadas de valor psicológico e social para construção de seres sociais independentes, conscientes e transformadores da própria realidade.

User badge image

Patricia Perrotti

Há mais de um mês

na avaliação de como intervir nos casos colocados a atenção do profissional

User badge image

Cristiane Marcolino

Há mais de um mês

Diversas habilidades competem ao assistente social como escrever e falar, ou seja, comunicar-se com outrem de maneira articulada, isto é, adequando e adaptando a sua linguagem a cada indivíduo com quem se relacionará, provocando consequentemente compreensão clara e coerente. Essa aptidão de saber articular teoria e prática simultaneamente resulta em abranger um pensamento, e logo, um método de expressão lógico e racional podendo por fim, vincular essa operacionalidade à instrumentalidade e os instrumentos procedentes dela.

Essa pergunta já foi respondida!