A maior rede de estudos do Brasil

qual e o objetivo da radiografia nos END?


2 resposta(s)

User badge image

Handrick Barbosa

Há mais de um mês

Na radiografia industrial, utilizamos o mesmo princÌpio da radiografia clÌnica. Coloca-se o material a ser ensaiado entre uma fonte emissora de radiação e um filme. Após a revelação, temos uma "chapa" radiogrifica para ser analisada e interpretada por um técnico especializado. Por que radiografar? Imagine as seguintes situações:

um gasoduto transportando g·s combustÌvel a alta pressão entre refinarias, ou mesmo entre equipamentos dentro da refinaria;

uma caldeira fornecendo vapor a alta press„o em uma ind ̇stria ou hospital. Estes produtos simplesmente n„o podem falhar e, portanto, não podem ter defeitos! Mas a construção dos gasodutos, caldeiras, oleodutos etc. È feita basicamente com chapas de aço e solda. Se uma solda no estiver adequada, não suportar· a pressão e apresentar· vazamentos, podendo provocar acidentes com consequencias terríveis. A exploções de uma caldeira, por exemplo, pode fazer desaparecer o predio onde ela está instalada e tudo mais que estiver na vizinhança.

Para evitar acidentes, precisamos ter certeza de que não há defeitos nesses produtos. Por isso, realizamos os ensaios não destrutivos. Nos casos citados, a radiografia È bastante utilizada - os cordıes de solda são totalmente radiografados.

 

No mínimo, as seguintes informações devem aparecer na imagem radiográfica:

a) número do equipamento, tubulação ou peça;

b) número da junta;

c) espessura;

d) material ou opcionalmente no caso de tubulação, sua classe;

e) número de identificação do filme;

f) data da execução do serviço;

g) identificação do profissional nível 1;

h) conforme o caso, as seguintes inscrições:

- NR - radiografia de solda reparada parcialmente;

- NE - radiografia de solda após seu esmerilhamento;

- NT - radiografia de solda totalmente refeita;

- NX - repetição de radiografia por erro de execução;

- RX - repetição de radiografia para confirmação de defeito;

- AM - radiografia tirada para aumento de amostragem em virtude da

radiografia anterior ter apresentado defeito;

- EX - radiografia tirada para delimitação de defeito.

 

Referencia:

http://essel.com.br/cursos/material/01/EnsaioMateriais/ensa23.pdf

Na radiografia industrial, utilizamos o mesmo princÌpio da radiografia clÌnica. Coloca-se o material a ser ensaiado entre uma fonte emissora de radiação e um filme. Após a revelação, temos uma "chapa" radiogrifica para ser analisada e interpretada por um técnico especializado. Por que radiografar? Imagine as seguintes situações:

um gasoduto transportando g·s combustÌvel a alta pressão entre refinarias, ou mesmo entre equipamentos dentro da refinaria;

uma caldeira fornecendo vapor a alta press„o em uma ind ̇stria ou hospital. Estes produtos simplesmente n„o podem falhar e, portanto, não podem ter defeitos! Mas a construção dos gasodutos, caldeiras, oleodutos etc. È feita basicamente com chapas de aço e solda. Se uma solda no estiver adequada, não suportar· a pressão e apresentar· vazamentos, podendo provocar acidentes com consequencias terríveis. A exploções de uma caldeira, por exemplo, pode fazer desaparecer o predio onde ela está instalada e tudo mais que estiver na vizinhança.

Para evitar acidentes, precisamos ter certeza de que não há defeitos nesses produtos. Por isso, realizamos os ensaios não destrutivos. Nos casos citados, a radiografia È bastante utilizada - os cordıes de solda são totalmente radiografados.

 

No mínimo, as seguintes informações devem aparecer na imagem radiográfica:

a) número do equipamento, tubulação ou peça;

b) número da junta;

c) espessura;

d) material ou opcionalmente no caso de tubulação, sua classe;

e) número de identificação do filme;

f) data da execução do serviço;

g) identificação do profissional nível 1;

h) conforme o caso, as seguintes inscrições:

- NR - radiografia de solda reparada parcialmente;

- NE - radiografia de solda após seu esmerilhamento;

- NT - radiografia de solda totalmente refeita;

- NX - repetição de radiografia por erro de execução;

- RX - repetição de radiografia para confirmação de defeito;

- AM - radiografia tirada para aumento de amostragem em virtude da

radiografia anterior ter apresentado defeito;

- EX - radiografia tirada para delimitação de defeito.

 

Referencia:

http://essel.com.br/cursos/material/01/EnsaioMateriais/ensa23.pdf

User badge image

Railiberatosouza liberatosouza

Há mais de um mês

o objtivo dos END,são da qualidade nas peça,  e nos alimentos,eliminando qualquer defeito ou bacteria,

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes