A maior rede de estudos do Brasil

Explique porque o excesso de carboidrato ao interferir no Ciclo de Krebs promove o aumento do peso.


6 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Quando ingerimos uma grande quantidade de carboidratos em uma dieta em que há fácil digestão deles, a energia resultante da metabolização do carboidrato que é ingerida e não é utilizada, acaba sendo armazenada de duas formas pelos hepatócitos: glicogênio ou triglicerídeos.

Os carboidratos são moléculas que precisam de maior volume de água para sua estabilidade, por tanto “pesam mais” já que acabam absorvendo grandes quantidades de água.

A glicólise formada pelo metabolismo do carboidrato transforma-se em piruvato e depois em Acetil-CoA. O Acetil-CoA entra no Ciclo de Krebs e é transformado em oxaloacetato e depois em citrato. Esse citrato é transportado por uma proteína presente na mitocôndria e transformado novamente em Acetil-CoA e oxaloacetato. No final do Ciclo de Krebs, várias enzimas derivadas do Carboidrato atual as células e se formam triglicerídeos que são aderidos pelas células adiposas.

Quando ingerimos uma grande quantidade de carboidratos em uma dieta em que há fácil digestão deles, a energia resultante da metabolização do carboidrato que é ingerida e não é utilizada, acaba sendo armazenada de duas formas pelos hepatócitos: glicogênio ou triglicerídeos.

Os carboidratos são moléculas que precisam de maior volume de água para sua estabilidade, por tanto “pesam mais” já que acabam absorvendo grandes quantidades de água.

A glicólise formada pelo metabolismo do carboidrato transforma-se em piruvato e depois em Acetil-CoA. O Acetil-CoA entra no Ciclo de Krebs e é transformado em oxaloacetato e depois em citrato. Esse citrato é transportado por uma proteína presente na mitocôndria e transformado novamente em Acetil-CoA e oxaloacetato. No final do Ciclo de Krebs, várias enzimas derivadas do Carboidrato atual as células e se formam triglicerídeos que são aderidos pelas células adiposas.

User badge image

Nathália Carvalho

Há mais de um mês

inicia o ciclo dos lipideos

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Quando ingerimos uma grande quantidade de carboidratos em uma dieta em que há fácil digestão deles, a energia resultante da metabolização do carboidrato que é ingerida e não é utilizada, acaba sendo armazenada de duas formas pelos hepatócitos: glicogênio ou triglicerídeos.

Os carboidratos são moléculas que precisam de maior volume de água para sua estabilidade, por tanto “pesam mais” já que acabam absorvendo grandes quantidades de água.

A glicólise formada pelo metabolismo do carboidrato transforma-se em piruvato e depois em Acetil-CoA. O Acetil-CoA entra no Ciclo de Krebs e é transformado em oxaloacetato e depois em citrato. Esse citrato é transportado por uma proteína presente na mitocôndria e transformado novamente em Acetil-CoA e oxaloacetato. No final do Ciclo de Krebs, várias enzimas derivadas do Carboidrato atual as células e se formam triglicerídeos que são aderidos pelas células adiposas.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

A função principal do ciclo de Krebs é promover a degradação de produtos finais do metabolismo dos carboidratos, lipídios e diversos aminoácidos, onde há a conversão dessas substâncias em acetil-CoA, com a liberação de CO2 e H2O e síntese de ATP.

Esse processo gera energia para a célula. Durante as variadas etapas do ciclo de Krebs, são possibilizados intermediários usados como antecessores na biossíntese de aminoácidos e outras biomoléculas. A respiração celular é formada por 3 etapas: Glicólise, Ciclo de Krebs e finalizando com a Cadeia Respiratória.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas