A maior rede de estudos do Brasil

direito constitucional

- O art. 5º, I, CRFB, assegura o tratamento isonômico entre homens e mulheres. Entretanto, a própria Constituição da República encarregouse de estabelecer discriminações de gênero, a exemplo daquela proveniente do art. 40, § 1º, III, “a” e “b”, CF. Tendo-se em conta os métodos de interpretação da Constituição, qual o que auxiliaria o interprete a constatar a inexistência de contradição real entre as referidas normas constitucionais?

(a) o gramatical (b) o lógico (c) o sistêmico (d) o da proporcionalidade

Direito Constitucional I

Humanas / Sociais


6 resposta(s)

User badge image

vanderson da silva pereira

Há mais de um mês

Resposta correta é o sistemico. 

Resposta correta é o sistemico. 

User badge image

Thiago Lima

Há mais de um mês

De acordo com as lições do eminente ministro Celso de Mello, não há contradição. inclusive um dispositivo justifica e ratifica o outro. O fundamento da compensação da mulher e dos negros, por exemplo é para que se equalize conforme os outros nesta sociedade. 

Contudo, como se obter esta conclusão? Uma análise das diversas formas possíveis. Uma análise conjuntural da sociedade, da história, e da própria constituição que limita, por exemplo as idades para se votar. Se a igualdade fosse tratar os diferentes igualmente se estaria fazendo injustiça e crianndo desigualdade. Um padadoxixo. Mas a igualdade é tratar os desiguais desigualmente, na medida de sua desigualdade, para iguala-los. 

 

User badge image

Rafaela

Há mais de um mês

Alguém sabe a resposta dessa questão?

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes