A maior rede de estudos do Brasil

Como calcular juros compostos?

Estatisitica

MACKENZIE


1 resposta(s)

User badge image

Nielly Nielsen Nascimento

Há mais de um mês

Juros compostos são a aplicação de juros sobre juros, isto é, os juros compostos são aplicados ao montante de cada período.

  • Os rendimentos por juros compostos tem crescimento ascendente, isto é, a cada mês os juros são calculados em cima do capital mais os rendimentos anteriores; isto faz com que os juros do mês seguinte sejam maiores que o do mês anterior.
  • Tem crescimento exponencial, cresce muito mais rápido, formando uma curva ascendente.

Para entender melhor veja com fica o montante da aplicação mês a mês com juros compostos:

Primeiro mês:

Segundo mês:

Terceiro mês:

Quarto mês:

Quinto mês

E assim por diante. Para cada mês os juros são calculados em cima do capital inicial C mais os juros mês a mês. Esse tipo de remuneração em juros compostos com o passar do tempo tende a ser muito rentável. Pois tem um crescimento exponencial.

Fórmula para calcular o Montante em juros compostos

Para simplificar, obtemos a fórmula a seguir que representa o montante, ou seja, o valor final com o capital mais os juros aplicados:

Fórmula do montante em juros compostos

Onde:

  • M é o montante final obtido na aplicação, ou seja, o saldo após a aplicação do juros;
  • i é a taxa de juros aplicada, em porcentagem;
  • C é o capital ou valor inicial aplicado;
  • t é o tempo total da aplicação.

A taxa de juros i deve ser escrita na forma decimal. Para transformar um número em decimal, divida ele por 100, pois a taxa é em porcentagem.

Fórmula para calcular juros compostos

O cálculo somente dos juros, ou seja, o rendimento que a aplicação obteve, é obtido pela seguinte fórmula:

Fórmula do juros compostos

Onde:

  • J são os juros;
  • M é o montante que pode ser calculado pela fórmula do montante acima;
  • C é o capital ou valor inicial aplicado.

Juros compostos são a aplicação de juros sobre juros, isto é, os juros compostos são aplicados ao montante de cada período.

  • Os rendimentos por juros compostos tem crescimento ascendente, isto é, a cada mês os juros são calculados em cima do capital mais os rendimentos anteriores; isto faz com que os juros do mês seguinte sejam maiores que o do mês anterior.
  • Tem crescimento exponencial, cresce muito mais rápido, formando uma curva ascendente.

Para entender melhor veja com fica o montante da aplicação mês a mês com juros compostos:

Primeiro mês:

Segundo mês:

Terceiro mês:

Quarto mês:

Quinto mês

E assim por diante. Para cada mês os juros são calculados em cima do capital inicial C mais os juros mês a mês. Esse tipo de remuneração em juros compostos com o passar do tempo tende a ser muito rentável. Pois tem um crescimento exponencial.

Fórmula para calcular o Montante em juros compostos

Para simplificar, obtemos a fórmula a seguir que representa o montante, ou seja, o valor final com o capital mais os juros aplicados:

Fórmula do montante em juros compostos

Onde:

  • M é o montante final obtido na aplicação, ou seja, o saldo após a aplicação do juros;
  • i é a taxa de juros aplicada, em porcentagem;
  • C é o capital ou valor inicial aplicado;
  • t é o tempo total da aplicação.

A taxa de juros i deve ser escrita na forma decimal. Para transformar um número em decimal, divida ele por 100, pois a taxa é em porcentagem.

Fórmula para calcular juros compostos

O cálculo somente dos juros, ou seja, o rendimento que a aplicação obteve, é obtido pela seguinte fórmula:

Fórmula do juros compostos

Onde:

  • J são os juros;
  • M é o montante que pode ser calculado pela fórmula do montante acima;
  • C é o capital ou valor inicial aplicado.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes