A maior rede de estudos do Brasil

Fisiologicamente, quais os hormônios estimulam a quebra dos triglicerídeos? Explique como esses hormônios fazem isso e porquê.

Bioquímica I

ESTÁCIO


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A regulação hormonal é utilizada pelo organismo para disponibilizar a energia acumulada em gordura no momento certo. Os hormônios envolvidos são a adrenalina e o glucagon.


O glucagon é produzido no pâncreas e nas células do trato gastrointestinal. Atua no receptor do glucagon, no fígado. A proteína GS (três subunidades: α, β, γ) esta acoplada ao receptor do glucagon. A subunidade α, quando estimulada por uma molécula de GDP, ativa a proteína adenilato-ciclase, que converte ATP em AMP cíclico. O AMP cíclico ativa a proteína PKA. A PKA atua na fosforilação de substratos dentro da célula, ativando enzimas no metabolismo energético dentro da célula.


A adrenalina atua no musculo, no receptor β-adrenérgico. A rota pela qual a epinefrina atua é a mesma do glucagon, e funciona por meio da ativação da PKA


Assim, os hormônios envolvidos no metabolismo energético são o glucagon e a adrenalina. O glucagon atua sempre que a concentração de glicose for baixa, no fígado. Já a adrenalina atua no musculo.

A regulação hormonal é utilizada pelo organismo para disponibilizar a energia acumulada em gordura no momento certo. Os hormônios envolvidos são a adrenalina e o glucagon.


O glucagon é produzido no pâncreas e nas células do trato gastrointestinal. Atua no receptor do glucagon, no fígado. A proteína GS (três subunidades: α, β, γ) esta acoplada ao receptor do glucagon. A subunidade α, quando estimulada por uma molécula de GDP, ativa a proteína adenilato-ciclase, que converte ATP em AMP cíclico. O AMP cíclico ativa a proteína PKA. A PKA atua na fosforilação de substratos dentro da célula, ativando enzimas no metabolismo energético dentro da célula.


A adrenalina atua no musculo, no receptor β-adrenérgico. A rota pela qual a epinefrina atua é a mesma do glucagon, e funciona por meio da ativação da PKA


Assim, os hormônios envolvidos no metabolismo energético são o glucagon e a adrenalina. O glucagon atua sempre que a concentração de glicose for baixa, no fígado. Já a adrenalina atua no musculo.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

A regulação hormonal é utilizada pelo organismo para disponibilizar a energia acumulada em gordura no momento certo. Os hormônios envolvidos são a adrenalina e o glucagon.


O glucagon é produzido no pâncreas e nas células do trato gastrointestinal. Atua no receptor do glucagon, no fígado. A proteína GS (três subunidades: α, β, γ) esta acoplada ao receptor do glucagon. A subunidade α, quando estimulada por uma molécula de GDP, ativa a proteína adenilato-ciclase, que converte ATP em AMP cíclico. O AMP cíclico ativa a proteína PKA. A PKA atua na fosforilação de substratos dentro da célula, ativando enzimas no metabolismo energético dentro da célula.


A adrenalina atua no musculo, no receptor β-adrenérgico. A rota pela qual a epinefrina atua é a mesma do glucagon, e funciona por meio da ativação da PKA


Assim, os hormônios envolvidos no metabolismo energético são o glucagon e a adrenalina. O glucagon atua sempre que a concentração de glicose for baixa, no fígado. Já a adrenalina atua no musculo.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

A regulação hormonal é utilizada pelo organismo para disponibilizar a energia acumulada em gordura no momento certo. Os hormônios envolvidos são a adrenalina e o glucagon.


O glucagon é produzido no pâncreas e nas células do trato gastrointestinal. Atua no receptor do glucagon, no fígado. A proteína GS (três subunidades: α, β, γ) esta acoplada ao receptor do glucagon. A subunidade α, quando estimulada por uma molécula de GDP, ativa a proteína adenilato-ciclase, que converte ATP em AMP cíclico. O AMP cíclico ativa a proteína PKA. A PKA atua na fosforilação de substratos dentro da célula, ativando enzimas no metabolismo energético dentro da célula.


A adrenalina atua no musculo, no receptor β-adrenérgico. A rota pela qual a epinefrina atua é a mesma do glucagon, e funciona por meio da ativação da PKA


Assim, os hormônios envolvidos no metabolismo energético são o glucagon e a adrenalina. O glucagon atua sempre que a concentração de glicose for baixa, no fígado. Já a adrenalina atua no musculo.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas