A maior rede de estudos do Brasil

Explique qual é a razão de Tempo de meia-vida e Clarence renal ser inversamente proporcionais:

Farmacologia I

MULTIVIX


6 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Farmacotécnica.


O tempo de meia vida é o tempo em que a quantidade de eficiência de uma substância decai pela metade. Por sua vez, o Clarence renal trata-se da capacidade renal de depurar solutos no plasma.


Daí, conforme as substâncias vão sendo absorvidas, o Clarence renal aumenta sua capacidade de depurar.

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Farmacotécnica.


O tempo de meia vida é o tempo em que a quantidade de eficiência de uma substância decai pela metade. Por sua vez, o Clarence renal trata-se da capacidade renal de depurar solutos no plasma.


Daí, conforme as substâncias vão sendo absorvidas, o Clarence renal aumenta sua capacidade de depurar.

User badge image

Breno Silva

Há mais de um mês

Calculose renal, conhecida vulgarmente por pedra no rim, é a presença no trato urinário de um cálculo formado a partir de sais minerais presentes na urina.[2] Os cálculos renais formam-se no rim e são geralmente expelidos do corpo na urina.[2] Os cálculos de pequena dimensão podem passar pelo trato urinário sem causar sintomas.[2] No entanto, quando um cálculo cresce mais do que 5 mm pode causar o bloqueio da uretra, provocando dor intensa na parte inferior e posterior do abdómen.[2][7] A presença de um cálculo pode também causar sangue na urina, vómitos ou dor ao urinar.[2] Cerca de metade das pessoas com episódios de calculose renal apresenta um novo episódio no prazo de dez anos.[8]

User badge image

Bianca Meneguelli Rotta

Há mais de um mês

Não seria bem isso a resposta viu
User badge image

Bianca Meneguelli Rotta

Há mais de um mês

é clearence e não calculose

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas