A maior rede de estudos do Brasil

Pessoal de Direito! Alguém poderia me explicar o que é capacidade contributiva?

estou com um trabalho para fazer na matéria de Direito e Legislação, gostaria que alguém pudesse me explicar melhor Direito Tribuário e, se possível, digitar alguns princípios de capacidade contributiva. Terei que fazer uma análise desses princípios em relação a uma tabela que foi dada!

 

obrigado!


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

DLRV Advogados Verified user icon

Há mais de um mês

O princípio da capacidade contributiva, desmembramento do princípio da igualdade no Direito Tributário, determina que o Estado, ao tributar o contribuinte, deve levar em consideração sua situação econômica.

Assim dispõe Patrícia Brandão Paoliello, ao tratar do referido princípio:

"Sempre que possível, os impostos terão caráter pessoal e serão graduados segundo a capacidade econômica do contribuinte, facultando à administração tributária, especialmente para conferir efetividade a esses objetivos, identificar, respeitados os direitos individuais e nos termos da lei, o patrimônio, os rendimentos e as atividades econômicas do contribuinte."

Bernardo Ribeiro de Moraes assim conceitua o referido princípio:

"O princípio da capacidade contributiva, pelo qual cada pessoa deve contribuir para as despesas da coletividade de acordo com a sua aptidão econômica, ou capacidade contributiva, origina-se do ideal de justiça distributiva."

A tabela do Imposto de Renda, por exemplo, leva em conta o princípio da capacidade contributiva, apesar de sua progressividade ser, para muitos, aquém do ideal.

Para quem recebe até R$ 1.903,98 por mês, há isenção do imposto.

Para quem recebe de 1.903,99 até 2.826,65, a alíquota é de 7,5%.

Para quem recebe de 2.826,66 até 3.751,05, a alíquota é de 15%.

Para quem recebe de 3.751,06 até 4.664,68, a alíquota é de 22,5%.

Para quem recebe mais de 4.664,68, a alíquota é de 27,5%.

O princípio da capacidade contributiva, desmembramento do princípio da igualdade no Direito Tributário, determina que o Estado, ao tributar o contribuinte, deve levar em consideração sua situação econômica.

Assim dispõe Patrícia Brandão Paoliello, ao tratar do referido princípio:

"Sempre que possível, os impostos terão caráter pessoal e serão graduados segundo a capacidade econômica do contribuinte, facultando à administração tributária, especialmente para conferir efetividade a esses objetivos, identificar, respeitados os direitos individuais e nos termos da lei, o patrimônio, os rendimentos e as atividades econômicas do contribuinte."

Bernardo Ribeiro de Moraes assim conceitua o referido princípio:

"O princípio da capacidade contributiva, pelo qual cada pessoa deve contribuir para as despesas da coletividade de acordo com a sua aptidão econômica, ou capacidade contributiva, origina-se do ideal de justiça distributiva."

A tabela do Imposto de Renda, por exemplo, leva em conta o princípio da capacidade contributiva, apesar de sua progressividade ser, para muitos, aquém do ideal.

Para quem recebe até R$ 1.903,98 por mês, há isenção do imposto.

Para quem recebe de 1.903,99 até 2.826,65, a alíquota é de 7,5%.

Para quem recebe de 2.826,66 até 3.751,05, a alíquota é de 15%.

Para quem recebe de 3.751,06 até 4.664,68, a alíquota é de 22,5%.

Para quem recebe mais de 4.664,68, a alíquota é de 27,5%.

User badge image

Pedro Aron

Há mais de um mês

O princípio da capacidade contributiva, igualmente denominado princípio da capacidade econômica, é um desmembramento do princípio da igualdade no Direito Tributário, representando a materialização do mesmo em prol de uma justiça social.

Tal princípio pode ser compreendido em sentido objetivo (presença de uma riqueza passível de ser tributada) e em sentido subjetivo (determina qual parcela da riqueza pode ser tributada em virtude das condições individuais), portanto, o Estado é obrigado a cobrar o tributo não em razão da renda potencial das pessoas, mas sim da que a mesma efetivamente dispõe.

O intuito do princípio da capacidade contributiva na ordem jurídica tributária é a busca de uma sociedade mais justa onde a maior tributação recaia sobre aqueles que possuam maior riqueza.

 

No que consiste o princípio da capacidade contributiva? - Leandro Vilela Brambilla

 

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas