A maior rede de estudos do Brasil

Um exemplo de causa direta de Hipóxia é:

bdgfbfd

Patologia Humana

ESTÁCIO


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O gás oxigênio está presente no ar e trata-se de um gás de enorme importância para o ser humano e para a vida de modo geral, visto que está relacionado com o processo de respiração dos seres vivos.

Nesse contexto, a hipóxia é o nome dado para a situação em que ocorre redução da reserva de oxigênio no organismo ou na qual haja baixa concentração de oxigênio nos tecidos.

Os principais sintomas da hipóxia são:

  • Fadiga;
  • Sonolência;
  • Tontura;
  • Dor de cabeça;
  • Euforia;
  • Redução do tempo de reação e raciocínio;
  • Problemas na coordenação motora.

As principais causas de hipóxia são:

  • Uso de medicamentos;
  • Anemia;
  • Perda sanguínea;
  • Tabagismo;
  • - Envenenamento por monóxido de carbono.
O gás oxigênio está presente no ar e trata-se de um gás de enorme importância para o ser humano e para a vida de modo geral, visto que está relacionado com o processo de respiração dos seres vivos.

Nesse contexto, a hipóxia é o nome dado para a situação em que ocorre redução da reserva de oxigênio no organismo ou na qual haja baixa concentração de oxigênio nos tecidos.

Os principais sintomas da hipóxia são:

  • Fadiga;
  • Sonolência;
  • Tontura;
  • Dor de cabeça;
  • Euforia;
  • Redução do tempo de reação e raciocínio;
  • Problemas na coordenação motora.

As principais causas de hipóxia são:

  • Uso de medicamentos;
  • Anemia;
  • Perda sanguínea;
  • Tabagismo;
  • - Envenenamento por monóxido de carbono.
User badge image

Willian Nunes

Há mais de um mês

Hipóxia Hipoxêmica: Deficiências de oxigênio no sangue arterial, devido à queda da pressão parcial de oxigênio alveolar (PO2); Exemplos: altitude, asma, pneumonia, DPOC;

Hipóxia Anêmica: Deficiência na capacidade do sangue em transportar o oxigênio dos tecidos; Exemplos: monóxido de carbono (CO), nitritos, sulfas, entre outros.

Hipóxia Estagnante: Deficiência circulatória; Exemplos: insuficiência cardíaca, espasmos nas artérias, tromboses, forças G, respiração sob pressão positiva.

Hipóxia Histotóxica: Ocorre devido à ação de toxinas sobre as enzimas respiratórias; Exemplos: cianeto, álcool e outras substâncias tóxicas.

A hipóxia pode provocar diversos sintomas no organismo, como fadiga, sonolência, tontura, dor de cabeça, euforia, além de provocar alterações no tato, visão, discernimento, raciocínio, tempo de reação e na coordenação motora.

Nas células, a hipóxia provoca perda da capacidade de produzir ATP por parte das mitocôndrias, impedindo assim a célula de utilizar o seu principal meio de obtenção de energia. Esta falta de energia irá levar a uma série de alterações celulares metabólicas e morfológicas, que pode resultar na morte da cé

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas