A maior rede de estudos do Brasil

Qual é a fase do metabolismo que envolve a conjugação? Qual o objetivo em conjugar o ácido glicurônio a um fármaco no processo de metabolização?

Farmacologia I

PITÁGORAS


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

b>Nesse caso ocorre na fase II. Biotransformação é a modificação química (ou modificações) feita por um organismo em um composto químico. Se esta modificação terminar em compostos minerais como CO2, NH4+ ou H2O, a biotransformação é chamada mineralização. Biotransformação significa alteração química de substâncias químicas como nutrientes, aminoácidos, toxinas e drogas no corpo.
Também é necessário tornar os compostos não polares, de modo que eles não sejam reabsorvidos nos túbulos renais e sejam excretados. A biotransformação de xenobióticos pode dominar a toxicocinética e os metabolitos podem atingir concentrações mais elevadas nos organismos do que os seus compostos originais. Recentemente, sua aplicação é vista como uma abordagem eficiente, econômica e facilmente aplicável para a valorização de resíduos agrícolas com potencial para melhorar os componentes bioativos existentes e a síntese de novos compostos.
Estas reações envolvem ligação covalente de moléculas endógenas hidrofílicas pequenas tais como ácidos glucurónicos, sulfato ou glicina para formar compostos solúveis em água, que são mais hidrofílicos.
b>Nesse caso ocorre na fase II. Biotransformação é a modificação química (ou modificações) feita por um organismo em um composto químico. Se esta modificação terminar em compostos minerais como CO2, NH4+ ou H2O, a biotransformação é chamada mineralização. Biotransformação significa alteração química de substâncias químicas como nutrientes, aminoácidos, toxinas e drogas no corpo.
Também é necessário tornar os compostos não polares, de modo que eles não sejam reabsorvidos nos túbulos renais e sejam excretados. A biotransformação de xenobióticos pode dominar a toxicocinética e os metabolitos podem atingir concentrações mais elevadas nos organismos do que os seus compostos originais. Recentemente, sua aplicação é vista como uma abordagem eficiente, econômica e facilmente aplicável para a valorização de resíduos agrícolas com potencial para melhorar os componentes bioativos existentes e a síntese de novos compostos.
Estas reações envolvem ligação covalente de moléculas endógenas hidrofílicas pequenas tais como ácidos glucurónicos, sulfato ou glicina para formar compostos solúveis em água, que são mais hidrofílicos.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas