PENHORA DE BENS

Dois irmãos receberam de herança um apartamento no valor de R$ 1.200,000,00 na fração ideal de 50% para cada um. Acontece que um deles está sofrendo uma ação de execução no valor de R$ 800.000,00. Requerida a penhora do bem o juiz indeferiu o pedido sustentando que o apartamento, por ser um bem indivisível, não seria suscetível de ser penhorado, uma vez que um dos irmãos condôminos não era devedor, então não poderia ver sua fração ideal ser afetada pela alienação do imóvel. Agiu corretamente o juiz? Justifique sua resposta

Disciplina:Direito Processual Civil I1.519 materiais