A maior rede de estudos do Brasil

O que diferencia uma lei complementar de uma lei ordinária?


2 resposta(s)

User badge image

Thereza Cristina Faccio de Castro

Há mais de um mês

A Lei Ordinária pode ser aprovada por maioria simples (art. 47 CF), é exigida de modo residual, ou seja, nos casos em que não houver expressa exigência de Lei Complementar.

A Lei Complementar deve ser aprovada por maioria absoluta (art. 69 CF), é exigida para dispor sobre materias de elevada importancia ou materia específicas da Constituição como por exemplo art. 18, parágrafo 2 da CF (criação de território federal). A Lei Complementar tem o propósito de complementar, explicar ou adicionar algo à constituição, e tem seu âmbito material predeterminado pelo constituinte.

Segundo jurisprudência do STF não existe tal hierarquia, mas o STJ acha que existe justamente por causa da diferença entre os quóruns, sendo a lei complementar hierarquicamente superior a lei ordinária.

A Lei Ordinária pode ser aprovada por maioria simples (art. 47 CF), é exigida de modo residual, ou seja, nos casos em que não houver expressa exigência de Lei Complementar.

A Lei Complementar deve ser aprovada por maioria absoluta (art. 69 CF), é exigida para dispor sobre materias de elevada importancia ou materia específicas da Constituição como por exemplo art. 18, parágrafo 2 da CF (criação de território federal). A Lei Complementar tem o propósito de complementar, explicar ou adicionar algo à constituição, e tem seu âmbito material predeterminado pelo constituinte.

Segundo jurisprudência do STF não existe tal hierarquia, mas o STJ acha que existe justamente por causa da diferença entre os quóruns, sendo a lei complementar hierarquicamente superior a lei ordinária.

User badge image

Especialistas PD

Há mais de um mês

São basicamente duas diferenças:

Lei Complementar só pode tratar dos temas taxativamente previstos na Constituição Federal. A Lei Ordinária, por sua vez, é residual, ou seja, dispõe sobre tudo que não for objeto de Lei Complementar.

Além disso, essas espécies normativas também diferem quanto ao quórum de aprovação. A Lei Complementar depende de maioria absoluta, e a Lei Ordinária de maioria simples.

Essa pergunta já foi respondida!