Av1 - Fundamentos Históricos, Teóricos e Metodológicos do Serviço Social III

1)Com o avançar do Estado capitalista liberal-democrático e sua legitimação social através da utilização de mecanismos de equilíbrio instável de compromisso entre a burguesia e o proletariado. Faleiros afirma que:"O corporativismo é um mecanismo de legitimação do poder das classes dominantes, não pela institucionalização dos conflitos, mas por intermédio de instrumentos de consenso, de conciliação de classe e de cooptação de forças de oposição." (FALEIROS, 2000, pg. 98). O corporativismo acaba não sendo reconhecido enquanto luta, mas de que forma?


Alternativas:

  • a)

    Uma ação integrativa e orgânica da sociedade, na qual o todo funciona em razão do desequilíbrio das partes.

  • b)

    Uma ação integrativa e orgânica da sociedade, na qual as partes funcionam em razão da harmonia de núcleos.

  • c)

    Uma ação integrativa e orgânica da família, na qual o todo funciona em razão de uma única pessoa.

  • d)

    Uma ação desintegrada e orgânica da sociedade, na qual o todo não funciona em razão da harmonia das partes.

  • e)

    Uma ação integrativa e orgânica da sociedade, na qual o todo funciona em razão da harmonia das partes.

2)

A discussão conceitual de exclusão social distancia-se ao entendimento da abordagem holística da internacionalização da economia neoliberal que extrapola o controle do indivíduo, chegando a privações de direitos e a uma:


Alternativas:

  • a)

    Situação de riqueza.

  • b)

    Situação de pobreza.

  • c)

    Situação de elite.

  • d)

    Situação de internacionalização.

  • e)

    Situação de punição.

3)

O sistema capitalista surgiu na Europa, no século XI ao XV, com a passagem do centro da economia social e política dos feudos para a cidade e com a consolidação do capitalismo, a partir de uma a relação contraditória entre as demandas do capital e as necessidades dos trabalhadores. Quais as formas de manifestação ocorreram?


Alternativas:

  • a)

    Lutas das classes trabalhadoras, reivindicações e garantia de direitos.

  • b)

    Lutas das classes internacionais, reivindicações e garantia de direitos.

  • c)

    Lutas das classes empresariais, reivindicações e garantia de direitos.

  • d)

    Lutas das classes cristãs, reivindicações e garantia de direitos.

  • e)

    Lutas das classes oligárquicas, reivindicações e garantia de direitos.

4)

O Serviço Social no Brasil surgiu num período específico da história da sociedade burguesa, com o fortalecimento do capitalismo monopólico levando a construção de uma nova formatação do espaço público, com definição de papéis e o que mais?


Alternativas:

  • a)

    Funções para o Estado.

  • b)

    Funções para o Proletariado.

  • c)

    Funções para o Comércio.

  • d)

    Funções para o Judiciário.

  • e)

    Funções para a Agricultura.

5)

A concepção marxista das classes sociais considera a relação que os indivíduos estabelecem com a propriedade dos meios de produção, diante da divisão das classes sociais e resultam do conjunto de determinações sociais, econômicas, políticas e culturais de um processo histórico. Portanto, estudar a relação de forças, de poder e de organização coletiva requer quais requisitos:


Alternativas:

  • a)

    Desatenção e indisciplina com relação aos fatos históricos e conjunturais.

  • b)

    Atenção e disciplina com relação aos fatos atuais e econômicos.

  • c)

    Autuação e fiscalização com relação aos dados históricos e conjunturais.

  • d)

    Atenção e disciplina com relação aos caos históricos e cristãos.

  • e)

    Atenção e disciplina com relação aos fatos históricos e conjunturais.