A maior rede de estudos do Brasil

determine a velocidade síncrona relativa e frequência induzida para motor 3 de f = 60hz, 8 pares de polo , escorregamento 12,2% v= 380v e 5 hp?


5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder a essa pergunta devemos aplicar nossos conhecimentos sobre Motores Elétricos.

---

A velocidade síncrona de um motor elétrica é dada por \(n_s=\dfrac{120f}{p}\), em que \(f=601\,Hz\) é frequência e \(p=8\) é o número de pólos. Então, \(n_s=\dfrac{120 \cdot60}{8}=900\,rpm\). Como ocorre escorregamento, temos que a velocidade de funcionamento do rotor será \(n=n_s-n_s \cdot s\), em que \(s=0,122\) é o escorregamento. Assim, \(n=900-900\cdot0,122=790,2\,rpm\). Finalmente, a velocidade síncrona relativa ser \(n{_s}_{rel} =n_s-n=109,8\,rpm\).

A frequência induzida é dada por \(f_i=s\cdot f=0,122\cdot60=7,32\, Hz\).

----

Portanto, a velocidade síncrona relativa será \(\boxed{n{_{s}}_{rel}}=109,8\, rpm\) e a frequência induzida será \(\boxed{f_i=7,32\, Hz}\).

Para responder a essa pergunta devemos aplicar nossos conhecimentos sobre Motores Elétricos.

---

A velocidade síncrona de um motor elétrica é dada por \(n_s=\dfrac{120f}{p}\), em que \(f=601\,Hz\) é frequência e \(p=8\) é o número de pólos. Então, \(n_s=\dfrac{120 \cdot60}{8}=900\,rpm\). Como ocorre escorregamento, temos que a velocidade de funcionamento do rotor será \(n=n_s-n_s \cdot s\), em que \(s=0,122\) é o escorregamento. Assim, \(n=900-900\cdot0,122=790,2\,rpm\). Finalmente, a velocidade síncrona relativa ser \(n{_s}_{rel} =n_s-n=109,8\,rpm\).

A frequência induzida é dada por \(f_i=s\cdot f=0,122\cdot60=7,32\, Hz\).

----

Portanto, a velocidade síncrona relativa será \(\boxed{n{_{s}}_{rel}}=109,8\, rpm\) e a frequência induzida será \(\boxed{f_i=7,32\, Hz}\).

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas