A maior rede de estudos do Brasil

matemática financeira

Maria comprou uma geladeira que estava sendo vendida à vista por R$ 3.000,00, através de um financiamento com 24 prestações mensais e iguais e com uma Taxa de juros de 3 % ao mês. Qual é o valor da prestação que Maria terá que pagar e qual o valor final que será pago, se o valor da primeira prestação foi pago no ato da assinatura do contrato de compra?


5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Visando responder a esse questionamento empregaremos nossos conhecimentos adquiridos acerca da disciplina de Administração Financeira.

------

Até o período que antecede a primeira Revolução Industrial, ou seja, inovações e surgimentos de tecnologias, o método de produção era manufaturado e caseiro. Entretanto, no fim do século XVII, a Inglaterra urge como uma potência “tecnológica”, tendo em vista que ela promoveu diversos avanços para a época, como a máquina à vapor, entre outras coisas. Como resultante, houve o Êxodo rural, indivíduos mudavam do campo para as cidades em busca de emprego e uma vida melhor. Com o surgimento das grandes fábricas e os sistemas de produção, essas pessoas trabalhadoras não possuíam direitos e apenas os “patrões” faturavam, as custa dos empregados. Para tanto, desde a 1ª Revolução Industrial, houveram altos e baixos na economia mundial. O Brasil passou pela industrialização tardiamente, ocasionando reveses e benefícios para a população. No Governo de Collor a administração passou a ser terceirizada e privada. No que tange aos tipos de contratos e seus prazos, determinado e indeterminado, constitui-se que o contrato com prazo indeterminado não há datas de “vencimento”, segundo a Lei. Para que haja rescisão contratual, é necessário ter em mãos o salário bruto, data da contratação e demissão, relevando o motivo, aviso prévio, números de dependentes, férias vencidas e o saldo do FGTS.

---

Sendo assim, os valores das parcelas serão:


\[\eqalign{ & VP = parc\left[ {{{1 - {{(1 + i)}^{ - n}}} \over i}} \right] \cr & 3000 = parc\left[ {{{1 - {{(1 + 0,03)}^{ - 23}}} \over {0,03}}} \right] \cr & 3000 = parc\left[ {{{1 - 0,506} \over {0,03}}} \right] \cr & 3000 = parc\left[ {{{0,494} \over {0,03}}} \right] \cr & parc = {{3000} \over {16,5}} \cr & parc = 181,89 }\]

Multiplicando o valor encontrado por 23, teremos:


\[181,89 \times 23 = R\$ 4.183,47\]

Visando responder a esse questionamento empregaremos nossos conhecimentos adquiridos acerca da disciplina de Administração Financeira.

------

Até o período que antecede a primeira Revolução Industrial, ou seja, inovações e surgimentos de tecnologias, o método de produção era manufaturado e caseiro. Entretanto, no fim do século XVII, a Inglaterra urge como uma potência “tecnológica”, tendo em vista que ela promoveu diversos avanços para a época, como a máquina à vapor, entre outras coisas. Como resultante, houve o Êxodo rural, indivíduos mudavam do campo para as cidades em busca de emprego e uma vida melhor. Com o surgimento das grandes fábricas e os sistemas de produção, essas pessoas trabalhadoras não possuíam direitos e apenas os “patrões” faturavam, as custa dos empregados. Para tanto, desde a 1ª Revolução Industrial, houveram altos e baixos na economia mundial. O Brasil passou pela industrialização tardiamente, ocasionando reveses e benefícios para a população. No Governo de Collor a administração passou a ser terceirizada e privada. No que tange aos tipos de contratos e seus prazos, determinado e indeterminado, constitui-se que o contrato com prazo indeterminado não há datas de “vencimento”, segundo a Lei. Para que haja rescisão contratual, é necessário ter em mãos o salário bruto, data da contratação e demissão, relevando o motivo, aviso prévio, números de dependentes, férias vencidas e o saldo do FGTS.

---

Sendo assim, os valores das parcelas serão:


\[\eqalign{ & VP = parc\left[ {{{1 - {{(1 + i)}^{ - n}}} \over i}} \right] \cr & 3000 = parc\left[ {{{1 - {{(1 + 0,03)}^{ - 23}}} \over {0,03}}} \right] \cr & 3000 = parc\left[ {{{1 - 0,506} \over {0,03}}} \right] \cr & 3000 = parc\left[ {{{0,494} \over {0,03}}} \right] \cr & parc = {{3000} \over {16,5}} \cr & parc = 181,89 }\]

Multiplicando o valor encontrado por 23, teremos:


\[181,89 \times 23 = R\$ 4.183,47\]

User badge image

Eliana Couto

Há mais de um mês

Valor da prestação = R$ 181,98 e Valor Final que será pago = R$ 4.367,52

Podemos resolver aplicando a seguinte fórmula da matemática financeira:

Onde:

VP = valor presente, capital, valor à vista.

parc = parcela, prestações iguais.

n = número total de parcelas, prestações iguais e periódicas.

i = taxa de juros compostos.

Dados os valores:

VP = R$ 3.000,00

parc = ??

n = 24, porém a primeira prestação foi paga no ato da compra, então n = 23

i = 3% a.m. = 0,03

parc = 182,44


Resposta mais aproximada:

Valor da prestação = R$ 181,98 e Valor Final que será pago = R$ 4.367,52 

Leia mais em Brainly.com.br - https://brainly.com.br/tarefa/21391449#readmore

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas