A maior rede de estudos do Brasil

Lucius possui visão normal e casou-se com Mabel que possui miopia. Qual a probabilidade deste casal ter crianças míopes?

Genética I

SEUNE


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O primeiro fator, o esforço para produzir o visual gerado, mais o efeito dos distúrbios refrativos, como o principal borrão óptico no período de crescimento do mundo, tornou-se o foco do eixo ântero-posterior. Tal tipo de miopia geralmente não tem mais de 3 graus.
O segundo fator, tendência hereditária, estudos mostram que a herança é autossômica dominante, recessiva e poligênica. Miopia autossômica miopia dominante também está tardiamente se desenvolvendo na infância, e geralmente não atinge um alto nível.
A miopia autossômica é uma característica de comunidades com endogamia de alta freqüência, mas ocasionalmente está ligada em alguns casos. Analisando uma geração de três populações chinesas, gerando um modelo poligênico e multifatorial que é a miopia, que continua a manter seu efeito genético, seu impacto ambiental aumenta ao longo das últimas três gerações.
O primeiro fator, o esforço para produzir o visual gerado, mais o efeito dos distúrbios refrativos, como o principal borrão óptico no período de crescimento do mundo, tornou-se o foco do eixo ântero-posterior. Tal tipo de miopia geralmente não tem mais de 3 graus.
O segundo fator, tendência hereditária, estudos mostram que a herança é autossômica dominante, recessiva e poligênica. Miopia autossômica miopia dominante também está tardiamente se desenvolvendo na infância, e geralmente não atinge um alto nível.
A miopia autossômica é uma característica de comunidades com endogamia de alta freqüência, mas ocasionalmente está ligada em alguns casos. Analisando uma geração de três populações chinesas, gerando um modelo poligênico e multifatorial que é a miopia, que continua a manter seu efeito genético, seu impacto ambiental aumenta ao longo das últimas três gerações.
User badge image

Ana Paula Pereira Araujo

Há mais de um mês

Depende da herança de cada individuo, dependendo desses fatores:

1. Relação entre o esforço visual para perto e uma fraca acomodação.

2. Predisposição hereditária.

3. Relação entre a pressão intra-ocular e debilidade escleral.

Existe maior influência dos dois primeiros fatores, em graus diferentes, no período inicial da miopia, enquanto o terceiro fator é mais freqüente nos graus mais avançados, causando sua progressão.

Em relação ao primeiro fator, o esforço visual resultante do trabalho para perto, somado à influência de distúrbios refrativos, acarretando desfocalização óptica, durante o período de crescimento do globo, faria com que o eixo ântero-posterior se tornasse mais longo. Tal tipo de miopia não costuma ultrapassar 3 graus.

Quanto ao segundo fator, de predisposição hereditária, estudos mostram que a herança pode ser autossômica dominante, recessiva e poligênica. Na miopia autossômica dominante a miopia se desenvolve tardiamente na infância e usualmente não atinge altos graus. A miopia autossômica recessiva é característica de comunidades com alta freqüência de consanguinidade, mas também está relacionada a alguns casos esporádicos. Analisando três gerações de uma amostra da população chinesa, estabeleceram que o desenvolvimento da miopia segue um modelo poligênico e multifatorial, no qual a influência genética permanece constante, enquanto a influência ambiental mostra-se aumentada nas três últimas gerações.

Informacoes do site da SciELO!

Espero ter ajudado.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas