A maior rede de estudos do Brasil

como surgiu a psicologia jurídica no Brasil?

Psicologia

UNIDERP - ANHANGUERA


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Inglês Verified user icon

Há mais de um mês

Psicologia Jurídica é a área da psicologia que está ligada ao Direito. Um psicólogo que atua no âmbito da justiça tem por função tutorar em questões relacionadas a saúde mental daqueles envolvidos em um processo jurídico. A inserção da psicologia jurídica surgiu por volta da década de 60 com a Lei de Execução Penal (Lei Federal n° 7.210/84). Naquela época, de modo lento, informal e gradual, eram feitos trabalhos voluntários e estudos com menores infratores e adultos criminosos detidos que apresentavam grau de distúrbio psicológico. Seja como for, somente no ano 2000 o Conselho Federal de Psicologia efetivou o reconhecimento da prática psicológica jurídica. Desde então, a psicologia jurídica só tem se expandido. Hoje, muitos são os campos de atuação de um psicólogo jurídico, são eles: Direito de Família, Direito da Criança e do Adolescente, Direito Civil, Direito do Trabalho, Direito Penal, Psicologia do Testemunho e Vitimologia.

Psicologia Jurídica é a área da psicologia que está ligada ao Direito. Um psicólogo que atua no âmbito da justiça tem por função tutorar em questões relacionadas a saúde mental daqueles envolvidos em um processo jurídico. A inserção da psicologia jurídica surgiu por volta da década de 60 com a Lei de Execução Penal (Lei Federal n° 7.210/84). Naquela época, de modo lento, informal e gradual, eram feitos trabalhos voluntários e estudos com menores infratores e adultos criminosos detidos que apresentavam grau de distúrbio psicológico. Seja como for, somente no ano 2000 o Conselho Federal de Psicologia efetivou o reconhecimento da prática psicológica jurídica. Desde então, a psicologia jurídica só tem se expandido. Hoje, muitos são os campos de atuação de um psicólogo jurídico, são eles: Direito de Família, Direito da Criança e do Adolescente, Direito Civil, Direito do Trabalho, Direito Penal, Psicologia do Testemunho e Vitimologia.

User badge image

Estudante PD

Há mais de um mês

A história da atuação de psicólogos brasileiros na área da Psicologia Jurídica tem seu início no reconhecimento da profissão, na década de 1960. Tal inserção deu-se de forma gradual e lenta, muitas vezes de maneira informal, por meio de trabalhos voluntários. Os primeiros trabalhos ocorreram na área criminal, enfocando estudos acerca de adultos criminosos e adolescentes infratores da lei (Rovinski, 2002). O trabalho do psicólogo junto ao sistema penitenciário existe, ainda que não oficialmente, em alguns estados brasileiros há pelo menos 40 anos. Contudo, foi a partir da promulgação da Lei de Execução Penal (Lei Federal nº 7.210/84) Brasil (1984), que o psicólogo passou a ser reconhecido legalmente pela instituição penitenciária (Fernandes, 1998).

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas