A maior rede de estudos do Brasil

Psicologia

Em relação às posições jurídicas ativas, analise as assertivas a seguir: I - O poder familiar é um exemplo de poder jurídico. II - O divórcio é um exemplo de direito potestativo. III - A adoção é um exemplo do exercício de uma faculdade jurídica. IV - O direito de cobrar o aluguel é um exemplo do exercício de um direito subjetivo (prestação). São corretas as assertivas:
 
    I, II e IV.
    I, II e III.
    Todas as alternativas estão corretas.
    I, III e IV.
    II, III e IV.

2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

LR Verified user icon

Há mais de um mês

Resposta: Está CORRETA a alternativa (c) Todas as alternativas estão corretas.

Justificativa:

Assertiva I – O poder familiar é um exemplo de poder jurídico. Segundo site oficial do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), “O poder familiar está relacionado ao dever dos pais de sustento, guarda e educação dos filhos menores. Ou seja, é o conjunto de direitos e deveres atribuídos aos pais em relação à pessoa e aos bens dos filhos menores de 18 anos.”. A pagina do CNJ ainda informa que: “Trata-se do antigo poder pátrio, expressão do Código de 1916, que considerava que o poder era exercido exclusivamente pelo pai. A mudança de nomenclatura se deu em 2009, pela Lei n. 12.010, e alterações no Código Civil. Dessa forma, o poder familiar é dever conjunto dos pais, e a Constituição federal estabelece, em seu artigo 226, que ‘os direitos e deveres referentes à sociedade conjugal são exercidos igualmente pelo homem e pela mulher’.”.

Assertiva II – O divórcio é um exemplo de direito potestativo. O divórcio é um exemplo de direito “cujo o implemento depende da vontade de uma das partes” (HOUAISS, 2009: 1533), ou seja, potestativo. Significa que não é necessário que ambos os CÔNJUGES estejam de acordo com o divorcio, basta um CÔNJUGE.

Assertiva III – A adoção é um exemplo do exercício de uma faculdade jurídica. Compreende-se por ‘   faculdade jurídica’ o direito de agir. A adoção é um exemplo do exercício de uma faculdade de agir pois diz respeito ao direito de ser um adotante independente da vontade de terceiros (por exemplo, os filhos do adotante não são chamados a depor quanto ao processo de adoção em curso).

Assertiva IV – O direito de cobrar aluguel é um exemplo do exercício do direito subjetivo. O direito subjetivo é aquele que garante ao individuo a possibilidade de exigir um dado cumprimento. Dessa forma, o proprietário do bem tem direito não apenas de cobrar aluguel como também de exigir que o locatário efetivamente peque os valores devidos.

 

Referências bibliográficas:

Site oficial do CNJ, acessado em 16/07/2019.

HOUAISS, Antônio. Dicionário Houaiss da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2009

Resposta: Está CORRETA a alternativa (c) Todas as alternativas estão corretas.

Justificativa:

Assertiva I – O poder familiar é um exemplo de poder jurídico. Segundo site oficial do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), “O poder familiar está relacionado ao dever dos pais de sustento, guarda e educação dos filhos menores. Ou seja, é o conjunto de direitos e deveres atribuídos aos pais em relação à pessoa e aos bens dos filhos menores de 18 anos.”. A pagina do CNJ ainda informa que: “Trata-se do antigo poder pátrio, expressão do Código de 1916, que considerava que o poder era exercido exclusivamente pelo pai. A mudança de nomenclatura se deu em 2009, pela Lei n. 12.010, e alterações no Código Civil. Dessa forma, o poder familiar é dever conjunto dos pais, e a Constituição federal estabelece, em seu artigo 226, que ‘os direitos e deveres referentes à sociedade conjugal são exercidos igualmente pelo homem e pela mulher’.”.

Assertiva II – O divórcio é um exemplo de direito potestativo. O divórcio é um exemplo de direito “cujo o implemento depende da vontade de uma das partes” (HOUAISS, 2009: 1533), ou seja, potestativo. Significa que não é necessário que ambos os CÔNJUGES estejam de acordo com o divorcio, basta um CÔNJUGE.

Assertiva III – A adoção é um exemplo do exercício de uma faculdade jurídica. Compreende-se por ‘   faculdade jurídica’ o direito de agir. A adoção é um exemplo do exercício de uma faculdade de agir pois diz respeito ao direito de ser um adotante independente da vontade de terceiros (por exemplo, os filhos do adotante não são chamados a depor quanto ao processo de adoção em curso).

Assertiva IV – O direito de cobrar aluguel é um exemplo do exercício do direito subjetivo. O direito subjetivo é aquele que garante ao individuo a possibilidade de exigir um dado cumprimento. Dessa forma, o proprietário do bem tem direito não apenas de cobrar aluguel como também de exigir que o locatário efetivamente peque os valores devidos.

 

Referências bibliográficas:

Site oficial do CNJ, acessado em 16/07/2019.

HOUAISS, Antônio. Dicionário Houaiss da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2009

User badge image

Érico Soledade

Há mais de um mês

Todas as alternativas estão corretas.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas