A maior rede de estudos do Brasil

Qual foi o pesquisador que descobriu a relação dos microorganismos presentes nos alimentos com a transmissão de doenças?

Higiene e Legislação dos Alimentos

Instituto Federal Da Paraiba Campus Sousa


1 resposta(s)

User badge image

Viviane Janaina Barzi

Há mais de um mês

1665 – Robert Hook: primeira observação das células

1673 – Van Leeuwenhoek: primeiras observações de microrganismos vivos

1796 – Edward Jenner: Primeira vacina

1861 – Pasteur: Geração espontânea refutada

1864 – Pasteur: Pasteurização

1876 – Robert Koch: Teoria do germe da doença

1881 – Robert Koch: Crescimento de bactérias em meios sólidos (meio de cultura)

1884 – Christian Gram: Desenvolvido método Gram de coloração bacteriana

1887 – Petri: Inventada a placa de Petri

1928 – Alexander Fleming: Descoberta da Penicilina

1944 – Avery, MacLeod & McCartey: DNA é o material genético

1953 – Watson e Crick: Descobriram a estrutura do DNA

1962 – Edelman e Porter: Anticorpos

1981 – Margulis: Origem das células eucarióticas

1983 – Kary Mullis: Inventada Reação em Cadeia da Polimerase (PCR)

 

Personagens Brasileiros na Microbiologia

OSWALDO CRUZ (1872-1917)

Nasceu em São Luiz do Paraitinga – SP.
Com 14 anos matriculou-se na Faculdade de Medicina.
Em paris (Instituto Pasteur) se especializou em microbiologia e soroterapia.
1993 nomeado Diretor Geral de saúde Pública com a missão de combater as 3 principais epidemias que assolavam o Rio de Janeiro: febre amarela, peste bubônica e varíola.
1907 anunciou a erradicação da febre amarela.
1909 passou a se dedicar ao Instituto de Manguinhos (Fundação Oswaldo Cruz – Fiocruz)

ADOLPH LUTZ (1855-1940)

Nasceu no Rio de Janeiro
Formou-se em Medicina em 1979
1885 foi trabalhar como cientista em Hamburgo investigando o bacilo da lepra
1983 dirigiu o Instituto Bacteriológico de São Paulo ( Instituto Adokpho Lutz)

VITAL BRAZIL (1865-1950)

Mineiro, em 1981 se formou na faculdade de medicina do Rio de Janeiro
1899 organizou um laboratório na fazenda Butantan
1901 o laboratório da fazenda se tornou Instituto Butantan
1919 transferiu-se com sua equipe para Niterói e fundou o Instituto Vital Brazil.

1665 – Robert Hook: primeira observação das células

1673 – Van Leeuwenhoek: primeiras observações de microrganismos vivos

1796 – Edward Jenner: Primeira vacina

1861 – Pasteur: Geração espontânea refutada

1864 – Pasteur: Pasteurização

1876 – Robert Koch: Teoria do germe da doença

1881 – Robert Koch: Crescimento de bactérias em meios sólidos (meio de cultura)

1884 – Christian Gram: Desenvolvido método Gram de coloração bacteriana

1887 – Petri: Inventada a placa de Petri

1928 – Alexander Fleming: Descoberta da Penicilina

1944 – Avery, MacLeod & McCartey: DNA é o material genético

1953 – Watson e Crick: Descobriram a estrutura do DNA

1962 – Edelman e Porter: Anticorpos

1981 – Margulis: Origem das células eucarióticas

1983 – Kary Mullis: Inventada Reação em Cadeia da Polimerase (PCR)

 

Personagens Brasileiros na Microbiologia

OSWALDO CRUZ (1872-1917)

Nasceu em São Luiz do Paraitinga – SP.
Com 14 anos matriculou-se na Faculdade de Medicina.
Em paris (Instituto Pasteur) se especializou em microbiologia e soroterapia.
1993 nomeado Diretor Geral de saúde Pública com a missão de combater as 3 principais epidemias que assolavam o Rio de Janeiro: febre amarela, peste bubônica e varíola.
1907 anunciou a erradicação da febre amarela.
1909 passou a se dedicar ao Instituto de Manguinhos (Fundação Oswaldo Cruz – Fiocruz)

ADOLPH LUTZ (1855-1940)

Nasceu no Rio de Janeiro
Formou-se em Medicina em 1979
1885 foi trabalhar como cientista em Hamburgo investigando o bacilo da lepra
1983 dirigiu o Instituto Bacteriológico de São Paulo ( Instituto Adokpho Lutz)

VITAL BRAZIL (1865-1950)

Mineiro, em 1981 se formou na faculdade de medicina do Rio de Janeiro
1899 organizou um laboratório na fazenda Butantan
1901 o laboratório da fazenda se tornou Instituto Butantan
1919 transferiu-se com sua equipe para Niterói e fundou o Instituto Vital Brazil.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes