A maior rede de estudos do Brasil

Como a Epidemiologia e a Bioestatística poderiam/podem evitar que novas epidemias surjam?


3 resposta(s)

User badge image

Alana Galveias

Há mais de um mês

através do controle de surtos e os calculos bioestatisticos feitos daquela doença em determinada região.

através do controle de surtos e os calculos bioestatisticos feitos daquela doença em determinada região.

User badge image

Bia E. Landinho

Há mais de um mês

A epidemiologia é a ciência que estuda os padrões e os fatores determinantes de ocorrências das doenças na sociedade, com isso busca compreender os fatores que levam à epidemias afim de poder evitá-los no futuro. A bioestatística é a ciência que busca coletar e organizar dados, visando analisar fatores biológicos (características da população e ambientes acometidos por epidemias). Ambas são importantes, pois reúnem informações e apresentam um mapeamento para evitar um novo surto das doenças.


User badge image

Ivana Safira

Há mais de um mês

A epidemiologia é a ciência básica da saúde pública que estuda os eventos relacionados as populações humanas, investiga os fatores determinantes e condicionantes do processo saúde-doença, assim como também investiga a causa, a distribuição e com que frequência se dá essa doença. Enquanto que a Bioestatística faz o planejamento, a coleta, a tabulação, análise e interpretação dos dados de estudos sobre determinada população e levando a conclusões. E juntas, a epidemiologia e a bioestatística através dessas conclusões podem inferir em tomadas de decisões, como nas ações de saúde para controle e prevenções de doenças. Como no caso da dengue, sabe-se que ela transmitida por um mosquito que se manifesta todos os anos em período chuvoso. Então, ela já tem um caráter de sazonalidade, nos permitindo saber qual a sua frequência de modo a combatê-la quando este período de maior risco acontecer.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes