A maior rede de estudos do Brasil

FGY

O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) , incide sobre a circulação de mercadorias, não importa se a venda da mercadoria foi efetivada ou não, o que importa é que houve a circulação e isso é cobrado, de quem é a competência do ICMS?

3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O ICMS é o imposto brasileiro cobrado sobre vendas, serviços, movimentação de mercadorias, serviços de transporte e comunicação e fornecimento de quaisquer mercadorias. O imposto é pago por pessoas jurídicas e cidadãos responsáveis pela comercialização de qualquer bem, importação de bens, aquisição de produtos apreendidos pela alfândega e aquisição de derivados de petróleo de outros países. Como o ICMS é um imposto estadual, cabe a cada estado brasileiro estabelecer sua própria alíquota, o que significa que a alíquota do ICMS varia entre os estados do Brasil.
O ICMS é uma responsabilidade do Estado e Distrito Federal que abrange toda a operação de circulação de mercadorias, prestação de serviços específicos, como transporte interestadual, intermunicipal e serviços de comunicação.Seu papel é predominantemente fiscal, representando uma fonte significativa de receita para os Estados e o Distrito Federal. Na prática, também tem um papel extrafiscal, ao conceder incentivos fiscais unilaterais pelos Estados.
Esses incentivos fiscais geram a chamada “Guerra Fiscal”.Suas alíquotas têm papel seletivo, variando de acordo com a MCM (Nomenclatura Comum do Mercosul, composta por 6 dígitos do Sistema Harmonizado por HS e 2 dígitos dedicados ao Mercosul).
O ICMS é o imposto brasileiro cobrado sobre vendas, serviços, movimentação de mercadorias, serviços de transporte e comunicação e fornecimento de quaisquer mercadorias. O imposto é pago por pessoas jurídicas e cidadãos responsáveis pela comercialização de qualquer bem, importação de bens, aquisição de produtos apreendidos pela alfândega e aquisição de derivados de petróleo de outros países. Como o ICMS é um imposto estadual, cabe a cada estado brasileiro estabelecer sua própria alíquota, o que significa que a alíquota do ICMS varia entre os estados do Brasil.
O ICMS é uma responsabilidade do Estado e Distrito Federal que abrange toda a operação de circulação de mercadorias, prestação de serviços específicos, como transporte interestadual, intermunicipal e serviços de comunicação.Seu papel é predominantemente fiscal, representando uma fonte significativa de receita para os Estados e o Distrito Federal. Na prática, também tem um papel extrafiscal, ao conceder incentivos fiscais unilaterais pelos Estados.
Esses incentivos fiscais geram a chamada “Guerra Fiscal”.Suas alíquotas têm papel seletivo, variando de acordo com a MCM (Nomenclatura Comum do Mercosul, composta por 6 dígitos do Sistema Harmonizado por HS e 2 dígitos dedicados ao Mercosul).
User badge image

dalva miranda

Há mais de um mês

a competencia fica a cargo do remetente da nota ao seu ente federativo. se for emitida pra outro estado o quem recebe também ou o seja o destinatario também recobre o icms como imposto DIFAL

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas