A maior rede de estudos do Brasil

Contribuição que cada cientista fez a teoria atomica Dalton,Rutherford,Tompson,Bohr


1 resposta(s)

User badge image

Giselle Gurgel

Há mais de um mês

Modelo de Dalton: o químico inglês John Dalton retomou as ideias de Leucipo e Demócrito e baseando-se em leis já comprovadas experimentalmente, como as Leis Ponderais, ele propôs resumidamente que o átomo seria parecido como uma bola de bilhar, isto é, esférico, maciço e indivisível.

Modelo Thomson: o físico inglês passou a trabalhar com a ampola de Crookes produzindo raios caóticos que quando colocados em um campo elétrico extremo se desviavam em direções à placa positiva, o que significava que o átomo teria partículas negativas(elétrons).
Para Thomson o átomo é uma esfera de carga elétrica positiva, nao maciça, incrustada de elétrons de modo que a carga total seja nula. O modelo seria semelhante a um pudim de passas.

Modelo Rutherford: em 1911 o físico neozelandês realizou um experimento em que ele bombardeou uma finíssima lâmina de ouro com partículas alfa vindas do polônio radioativo. Com isso ele defendeu que o átomo seria composto por um núcleo muito pequeno e de carga elétrica positiva, que seria equilibrado por elétrons, que giravam ao redor do núcleo, numa região periférica denominada eletrosfera, semelhante ao sistema solar.

Modelo Rutherford-Bohr: o estudo dos aspectos eletromagnéticos dos elementos pelo físico dinamarquês Niels Bohr permitiu adicionar algumas observações ao modelo de Rutherford. Só é permitido ao elétron ocupar níveis energéticos nos quais se apresenta com valores de energia múltiplos inteiros de um fóton.
Modelo de Dalton: o químico inglês John Dalton retomou as ideias de Leucipo e Demócrito e baseando-se em leis já comprovadas experimentalmente, como as Leis Ponderais, ele propôs resumidamente que o átomo seria parecido como uma bola de bilhar, isto é, esférico, maciço e indivisível.

Modelo Thomson: o físico inglês passou a trabalhar com a ampola de Crookes produzindo raios caóticos que quando colocados em um campo elétrico extremo se desviavam em direções à placa positiva, o que significava que o átomo teria partículas negativas(elétrons).
Para Thomson o átomo é uma esfera de carga elétrica positiva, nao maciça, incrustada de elétrons de modo que a carga total seja nula. O modelo seria semelhante a um pudim de passas.

Modelo Rutherford: em 1911 o físico neozelandês realizou um experimento em que ele bombardeou uma finíssima lâmina de ouro com partículas alfa vindas do polônio radioativo. Com isso ele defendeu que o átomo seria composto por um núcleo muito pequeno e de carga elétrica positiva, que seria equilibrado por elétrons, que giravam ao redor do núcleo, numa região periférica denominada eletrosfera, semelhante ao sistema solar.

Modelo Rutherford-Bohr: o estudo dos aspectos eletromagnéticos dos elementos pelo físico dinamarquês Niels Bohr permitiu adicionar algumas observações ao modelo de Rutherford. Só é permitido ao elétron ocupar níveis energéticos nos quais se apresenta com valores de energia múltiplos inteiros de um fóton.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes