A maior rede de estudos do Brasil

O que é uma norma constitucional vigente? O que é a efetividade das normas? Existe diferença entre eficácia e efetividade de uma norma?


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Carlos Eduardo Ferreira de Souza Verified user icon

Há mais de um mês

Norma constitucional é aquela que atende aos requisitos da CRFB/88, nos aspectos formal, material e circunstancial.

Para a norma ser vigente deve ser apta a produzir efeitos. Assim, além de promulgada e publicada, a norma deve ter o período de vacatio legis superado, ou seja, a norma foi introduzida no ordenamento jurídico e já se encontra apta a produzir efeitos, alterar direitos e obrigações, bem como vincular administradores, administrados e julgadores. Exemplificando, o CPC/15 foi publicado em 17/03/2015, passando a ser válida desde já. Entretanto, por possuir vacatio legis de 1 ano, só passou a ser vigente em 18/03/2016. 

Pode ocorrer da validade e da vigência coincidirem, quando a norma produzir efeitos a partir da data de publicação.

Por efetividade, temos a observância da norma pelos destinatários, enquanto por eficácia temos o alcance do objetivo pretendido pela norma, em razão da observância.

Exemplificando, a Lei Seca é efetiva, pois seus destinatários (agentes estatais, juízes, motoristas, passageiros, dentre outros) a observam e é eficaz pois reduz o número de mortes no trânsito em razão de embriaguez (não seria eficaz se fosse observada, mas não produzisse resultados).

 

Norma constitucional é aquela que atende aos requisitos da CRFB/88, nos aspectos formal, material e circunstancial.

Para a norma ser vigente deve ser apta a produzir efeitos. Assim, além de promulgada e publicada, a norma deve ter o período de vacatio legis superado, ou seja, a norma foi introduzida no ordenamento jurídico e já se encontra apta a produzir efeitos, alterar direitos e obrigações, bem como vincular administradores, administrados e julgadores. Exemplificando, o CPC/15 foi publicado em 17/03/2015, passando a ser válida desde já. Entretanto, por possuir vacatio legis de 1 ano, só passou a ser vigente em 18/03/2016. 

Pode ocorrer da validade e da vigência coincidirem, quando a norma produzir efeitos a partir da data de publicação.

Por efetividade, temos a observância da norma pelos destinatários, enquanto por eficácia temos o alcance do objetivo pretendido pela norma, em razão da observância.

Exemplificando, a Lei Seca é efetiva, pois seus destinatários (agentes estatais, juízes, motoristas, passageiros, dentre outros) a observam e é eficaz pois reduz o número de mortes no trânsito em razão de embriaguez (não seria eficaz se fosse observada, mas não produzisse resultados).

 

Essa pergunta já foi respondida!