A maior rede de estudos do Brasil

Como o intestino delgado e o grosso são divididos e quais suas funções?


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Através da válvula ileocecal. Ela comporta-se como um esfíncter tanto anatômico quanto funcionalmente . A distensão do íleo terminal (última parte do intestino delgado ) resulta no relaxamento da válvula ileocecal e favorece o movimento de quilo ao cólon , mais particularmente ao ceco (a primeira parte do cólon). Ele serve para regular a chegada do conteúdo ileal no cólon proximal e minimizarefluxo de conteúdo cecal para o íleo. O refluxo do quilo também será dificultado pela disposição desse orifício do íleo, já que o fato de entrar no ceco como uma certa proeminência dificultará o refluxo.A histologia da válvula ileocecal mostra uma brusca mudança no padrão das vilosidades da mucosa, não é também um espessamento da mucosa muscular, o que é uma camada de tecido do músculo liso localizada por baixo da camada mucosa do tubo digestivo . Há também uma quantidade variável de tecido linfático ao redor da válvula. Quando perturbado, pode acontecer que está sempre aberto ou que está sempre fechada, pode produzir uma grande quantidade de gás, constipação, diarréia, apendicite, obesidade, dor lombar, náuseas, alergias de pele e digestivo. Fazer um bom tratamento buscando a causa da disfunção da válvula ileocecal, podemos ajudar a melhorar ou desaparecer sintomas incômodos e / ou doenças mencionadas acima, que são tão comuns em nossa sociedade e em muitos casos nos acompanhar por toda a vida devido à ignorância da importância que a válvula ileocecal desempenha em nosso organismo.
Através da válvula ileocecal. Ela comporta-se como um esfíncter tanto anatômico quanto funcionalmente . A distensão do íleo terminal (última parte do intestino delgado ) resulta no relaxamento da válvula ileocecal e favorece o movimento de quilo ao cólon , mais particularmente ao ceco (a primeira parte do cólon). Ele serve para regular a chegada do conteúdo ileal no cólon proximal e minimizarefluxo de conteúdo cecal para o íleo. O refluxo do quilo também será dificultado pela disposição desse orifício do íleo, já que o fato de entrar no ceco como uma certa proeminência dificultará o refluxo.A histologia da válvula ileocecal mostra uma brusca mudança no padrão das vilosidades da mucosa, não é também um espessamento da mucosa muscular, o que é uma camada de tecido do músculo liso localizada por baixo da camada mucosa do tubo digestivo . Há também uma quantidade variável de tecido linfático ao redor da válvula. Quando perturbado, pode acontecer que está sempre aberto ou que está sempre fechada, pode produzir uma grande quantidade de gás, constipação, diarréia, apendicite, obesidade, dor lombar, náuseas, alergias de pele e digestivo. Fazer um bom tratamento buscando a causa da disfunção da válvula ileocecal, podemos ajudar a melhorar ou desaparecer sintomas incômodos e / ou doenças mencionadas acima, que são tão comuns em nossa sociedade e em muitos casos nos acompanhar por toda a vida devido à ignorância da importância que a válvula ileocecal desempenha em nosso organismo.
User badge image

Karine Nunes

Há mais de um mês

Intestino delgado; tem a função de absorver nutrientes, assim como o intestino grosso, mas a maior parte da absorção de nutrientes é no intestino delgado e a absorção de agua acontece no intestino grosso

User badge image

Rosimar Sampaio Bandeira

Há mais de um mês

 

O intestino delgado faz parte do sistema digestivo, se estendendo entre o estômago e o intestino grosso (ou cólon), e é dividido em três partes: duodeno, jejuno e íleo.

O intestino delgado é o órgão responsável pela absorção dos alimentos, permitindo que os minerais, as vitaminas e nutrientes sejam aproveitados pelo organismo. Embora o intestino delgado represente praticamente ¾ do sistema digestivo, é muito raro o desenvolvimento de um câncer nesse órgão. 

A primeira parte do sistema digestivo (estômago e intestino delgado) é responsável por obter do alimento ingerido os nutrientes necessários às diferentes funções do organismo, enquanto a última parte (cólon e reto) é caracterizada por ser a parte do intestino na qual os movimentos peristálticos fazem maior pressão no bolo alimentar a fim de solidificá-lo e transformá-lo em fezes.

O intestino delgado se divide em três segmentos onde os nutrientes dos alimentos são absorvidos para a corrente sanguínea. Eles constituem a maior parte do comprimento do intestino delgado:
 

  • Duodeno. Está ligado diretamente ao estômago, responsável pelo esvaziamento de seu conteúdo. O duodeno está dividido em quatro partes: superior, descendente, inferior e ascendente.

 

  • Jejuno. É o segundo segmento do intestino delgado e junto com o íleo tem cerca de 6 a 7 m.

 

  • Íleo. O íleo começa na parte final do jejuno e termina no começo do intestino grosso (cólon).

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas