A maior rede de estudos do Brasil

Resumo de Uma lição de vida?

Português

Escola Vida Nova


2 resposta(s)

User badge image

Karol Queiroz

Há mais de um mês

Ao acompanhar a história de Maruge é impossível não se emocionar, é impossível não sentir um aperto no coração ao presenciar toda a luta que ele teve que enfrentar só pra conseguir ter um espaço numa escola para aprender a ler. Mesmo depois da guerra, da opressão, da violência que viveu, de ter sua vida roubada por anos, de ter visto sua família ser assassinada na sua frente. Ele sonha, ele acredita, ele encontra motivos para viver e vai em busca deles. É realmente uma grande lição de vida.
O ser humano foi tão cruel, é tão cruel com as pessoas, julgam, segregam, acusam, excluem, massacram sonhos, humilham, etc.
Entretanto, por mais duro que seja hoje em dia, ainda encontramos um pouco mais de facilidade, de liberdade a escola está com as portas abertas. E o que é mais triste quando refletimos sobre a nossa situação atual tem a ver com a alienação das pessoas, as pessoas jogam seus direitos no lixo quando o ignoram, não fazem bom uso, destroem as escolas, não se interessam por aprender, por ler, por fazer da escola um instrumento para mudar o mudar o mundo.
Temos escolas, temos salas de aulas, não são as melhores do mundo, é verdade. Mas, quem quer aprender, aprende em qualquer lugar.
E com muita frequência o que vemos é a falta de interesse, o número gigante de desculpas que as pessoas arrumam para explicar seus fracassos, desvalorização o conhecimento, muitos apenas vão a escola por ir, ocupam o espaço e não entendem a oportunidade que muitos sofreram e morreram para que elas hoje pudessem usufruir do direito a ler e escrever.
A verdade é simples, quando se quer algo com muita vontade, tudo é possível. Não existe obstáculos, não existe limitações. Você pode ser o que você quiser. Só precisa acordar pra isso! 

 

Ao acompanhar a história de Maruge é impossível não se emocionar, é impossível não sentir um aperto no coração ao presenciar toda a luta que ele teve que enfrentar só pra conseguir ter um espaço numa escola para aprender a ler. Mesmo depois da guerra, da opressão, da violência que viveu, de ter sua vida roubada por anos, de ter visto sua família ser assassinada na sua frente. Ele sonha, ele acredita, ele encontra motivos para viver e vai em busca deles. É realmente uma grande lição de vida.
O ser humano foi tão cruel, é tão cruel com as pessoas, julgam, segregam, acusam, excluem, massacram sonhos, humilham, etc.
Entretanto, por mais duro que seja hoje em dia, ainda encontramos um pouco mais de facilidade, de liberdade a escola está com as portas abertas. E o que é mais triste quando refletimos sobre a nossa situação atual tem a ver com a alienação das pessoas, as pessoas jogam seus direitos no lixo quando o ignoram, não fazem bom uso, destroem as escolas, não se interessam por aprender, por ler, por fazer da escola um instrumento para mudar o mudar o mundo.
Temos escolas, temos salas de aulas, não são as melhores do mundo, é verdade. Mas, quem quer aprender, aprende em qualquer lugar.
E com muita frequência o que vemos é a falta de interesse, o número gigante de desculpas que as pessoas arrumam para explicar seus fracassos, desvalorização o conhecimento, muitos apenas vão a escola por ir, ocupam o espaço e não entendem a oportunidade que muitos sofreram e morreram para que elas hoje pudessem usufruir do direito a ler e escrever.
A verdade é simples, quando se quer algo com muita vontade, tudo é possível. Não existe obstáculos, não existe limitações. Você pode ser o que você quiser. Só precisa acordar pra isso! 

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes