A maior rede de estudos do Brasil

porque a intesidade da exsudação é menor na folha túrgida?


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Fisiologia Vegetal.

Ao analisarmos que exsudação é aquele líquido que transpira pelos poros de um vegetal ou animal, fazendo com que adquira uma consistência viscosa onde é deixado. Ocorre quando o caule da planta é cortado, fator que causa uma eliminação de nutrientes.

A folha túrgida é aquela que possui uma membrana distendida pelo fato de possuir a pressão de turgescência (P.T) igual a pressão osmótica (P.O), ou seja, a quantidade de água que sai é proporcional a quantidade que entra.A intensidade da exsudação é menor na folha túrgida, pois a transpiração e a absorção estão quase igualadas, fatores que fazem com que a exsudação seja reduzida

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Fisiologia Vegetal.

Ao analisarmos que exsudação é aquele líquido que transpira pelos poros de um vegetal ou animal, fazendo com que adquira uma consistência viscosa onde é deixado. Ocorre quando o caule da planta é cortado, fator que causa uma eliminação de nutrientes.

A folha túrgida é aquela que possui uma membrana distendida pelo fato de possuir a pressão de turgescência (P.T) igual a pressão osmótica (P.O), ou seja, a quantidade de água que sai é proporcional a quantidade que entra.A intensidade da exsudação é menor na folha túrgida, pois a transpiração e a absorção estão quase igualadas, fatores que fazem com que a exsudação seja reduzida

User badge image

Maykon Julio

Há mais de um mês

O transporte e a distribuição de elementos nutritivos, principalmente açúcares, desde as áreas de síntese (que são as folhas fotossinteticamente ativas ou órgãos de reservas) até as áreas de consumo, é feito via um sistema condutor formado por células vivas modificadas, denominadas floema. O floema se encontra sob pressão positiva que se desenvolve no interior dos vasos. A água e solutos pode ser proveniente do xilema ou do apoplasto das células companheiras. A seiva do floema é composta por cerca de 80 a 90% de água e 10 a 20% de produtos da fotossíntese e da absorção da planta. O floema promove a retranslocação e distribuição destes elementos para os locais de armazenamento ou catabolismo. Foi estimado que uma quantidade de 120 pmol de sacarose cm -2 min -1 é translocada no floema, e que este valor não depende apenas de uma entrada passiva no floema, mas de um complementar gasto de energia para sua inclusão no floema. Sabe-se, no entanto, que muitos sinalizadores (pequenas moléculas) também viajam vias dutos floemáticos e, proteínas reguladoras de funções que servem como ativadoras de metabolismo.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas