Ciências Sociais

O dinamismo das diversas associações humanas tem relação direta com a qualidade exclusiva da humanidade de ser gregário, ou seja, somente sobreviver a partir da troca simbólica entre seus pares junto a seu meio social. Muitos estudiosos elaboraram diversas teorias de cunho sociológico, antropológico e filosófico, que se manifestam em explicar o caráter associativo do ser humano. Uma destas teorias analisa o ser humano como ser naturalmente gregário e a cidade é o fim (telos), sendo a causa final da associação humana. Esta teoria é descrita como: 
Teoria da desapropriação do Estado.
Teoria da concepção do Estado.
Teoria da função social do Estado.

#Humanidade gregária
Disciplina:Ciência Política I1.519 materiais