A maior rede de estudos do Brasil

a suspensão de direitos fundamentais...

a suspensão de direitos fundamentais, por ato praticado pelo presidente enquanto representante do povo, ignorando os preceitos constitucionais encontra amparo nas ideias construídas pelo constitucinalismo?


5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Em raras circunstâncias de crise, que ameaçam a soberania de um Estado, o representante executivo pode utilizar temporariamente do mecanismo constitucional do estado de exceção.


Estado de exceção é um mecanismo constitucional que suspende direitos e garantias constitucionais até que a ordem do estado seja restabelecida. Nesse período, os direitos fundamentais deixam de existir. O Art. 137 cita em quais casos o Presidente da República pode decretar estado de sítio, que são: comoção grave de repercussão nacional ou ocorrência de fatos que comprovem a inefcácia de medida tomada durante o estado de defesa; declaração de estado de guerra ou resposta a agressão armada estrangeira.


Logo, o Presidente da República pode decretar estado de sítio amparado pela constituição.

Em raras circunstâncias de crise, que ameaçam a soberania de um Estado, o representante executivo pode utilizar temporariamente do mecanismo constitucional do estado de exceção.


Estado de exceção é um mecanismo constitucional que suspende direitos e garantias constitucionais até que a ordem do estado seja restabelecida. Nesse período, os direitos fundamentais deixam de existir. O Art. 137 cita em quais casos o Presidente da República pode decretar estado de sítio, que são: comoção grave de repercussão nacional ou ocorrência de fatos que comprovem a inefcácia de medida tomada durante o estado de defesa; declaração de estado de guerra ou resposta a agressão armada estrangeira.


Logo, o Presidente da República pode decretar estado de sítio amparado pela constituição.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Em raras circunstâncias de crise, que ameaçam a soberania de um Estado, o representante executivo pode utilizar temporariamente do mecanismo constitucional do estado de exceção.


Estado de exceção é um mecanismo constitucional que suspende direitos e garantias constitucionais até que a ordem do estado seja restabelecida. Nesse período, os direitos fundamentais deixam de existir. O Art. 137 cita em quais casos o Presidente da República pode decretar estado de sítio, que são: comoção grave de repercussão nacional ou ocorrência de fatos que comprovem a inefcácia de medida tomada durante o estado de defesa; declaração de estado de guerra ou resposta a agressão armada estrangeira.


Logo, o Presidente da República pode decretar estado de sítio amparado pela constituição.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas