A maior rede de estudos do Brasil

O que é Padrão Ecológico, sua definição, aplicação e associação?

EcologiaUFRJ

4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Em ecologia, muitos modelos teóricos e empíricos baseiam-se em uma abordagem de escala macroscópica, com diferentes enfoques no que se refere a paisagem. Dentre esses modelos, podemos consideram os padrões ecológicos.


Na abordagem de padrão ecológico, há basicamente duas perspectivas gerais, com diferentes enfoques: a) o que estuda as interações entre recursos x consumo, como por exemplo, predação, competições inter e intraespecíficas, exploração de recursos, o que pode ser representado pelas interações que ocorrem em espaços delimitados e em geral extensos; b) o estudo de interações, a partir de métodos observacionais que mensuram estudos em larga escala espacial, com réplicas obtidas dentro de limites espaciais relativamente extensos. A abordagem a nível macroscópica apresenta diversas vantagens de análise, e apresenta sucesso na explicação de hipóteses ecológicas e no que se refere a gerenciamento de recursos naturais. A desvantagem dessa abordagem é que os modelos macroscópicos possuem algumas limitações, já que, por questões analíticas amostrais, esses modelos tendem a desconsiderar populações e assembleias em menor escala espacial.


Assim, podemos definir padrões ecológicos como ferramentas de estudo das interações entre indivíduos de diferentes espécies, e entre o meio no qual estão inseridos, numa abordagem ecológica à nível de diferentes escalas de paisagem.

Em ecologia, muitos modelos teóricos e empíricos baseiam-se em uma abordagem de escala macroscópica, com diferentes enfoques no que se refere a paisagem. Dentre esses modelos, podemos consideram os padrões ecológicos.


Na abordagem de padrão ecológico, há basicamente duas perspectivas gerais, com diferentes enfoques: a) o que estuda as interações entre recursos x consumo, como por exemplo, predação, competições inter e intraespecíficas, exploração de recursos, o que pode ser representado pelas interações que ocorrem em espaços delimitados e em geral extensos; b) o estudo de interações, a partir de métodos observacionais que mensuram estudos em larga escala espacial, com réplicas obtidas dentro de limites espaciais relativamente extensos. A abordagem a nível macroscópica apresenta diversas vantagens de análise, e apresenta sucesso na explicação de hipóteses ecológicas e no que se refere a gerenciamento de recursos naturais. A desvantagem dessa abordagem é que os modelos macroscópicos possuem algumas limitações, já que, por questões analíticas amostrais, esses modelos tendem a desconsiderar populações e assembleias em menor escala espacial.


Assim, podemos definir padrões ecológicos como ferramentas de estudo das interações entre indivíduos de diferentes espécies, e entre o meio no qual estão inseridos, numa abordagem ecológica à nível de diferentes escalas de paisagem.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Em ecologia, muitos modelos teóricos e empíricos baseiam-se em uma abordagem de escala macroscópica, com diferentes enfoques no que se refere a paisagem. Dentre esses modelos, podemos consideram os padrões ecológicos.


Na abordagem de padrão ecológico, há basicamente duas perspectivas gerais, com diferentes enfoques: a) o que estuda as interações entre recursos x consumo, como por exemplo, predação, competições inter e intraespecíficas, exploração de recursos, o que pode ser representado pelas interações que ocorrem em espaços delimitados e em geral extensos; b) o estudo de interações, a partir de métodos observacionais que mensuram estudos em larga escala espacial, com réplicas obtidas dentro de limites espaciais relativamente extensos. A abordagem a nível macroscópica apresenta diversas vantagens de análise, e apresenta sucesso na explicação de hipóteses ecológicas e no que se refere a gerenciamento de recursos naturais. A desvantagem dessa abordagem é que os modelos macroscópicos possuem algumas limitações, já que, por questões analíticas amostrais, esses modelos tendem a desconsiderar populações e assembleias em menor escala espacial.


Assim, podemos definir padrões ecológicos como ferramentas de estudo das interações entre indivíduos de diferentes espécies, e entre o meio no qual estão inseridos, numa abordagem ecológica à nível de diferentes escalas de paisagem.

User badge image

Loh

Há mais de um mês

boa pergunta

boa pergunta

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Em ecologia, muitos modelos teóricos e empíricos baseiam-se em uma abordagem de escala macroscópica, com diferentes enfoques no que se refere a paisagem. Dentre esses modelos, podemos consideram os padrões ecológicos.


Na abordagem de padrão ecológico, há basicamente duas perspectivas gerais, com diferentes enfoques: a) o que estuda as interações entre recursos x consumo, como por exemplo, predação, competições inter e intraespecíficas, exploração de recursos, o que pode ser representado pelas interações que ocorrem em espaços delimitados e em geral extensos; b) o estudo de interações, a partir de métodos observacionais que mensuram estudos em larga escala espacial, com réplicas obtidas dentro de limites espaciais relativamente extensos. A abordagem a nível macroscópica apresenta diversas vantagens de análise, e apresenta sucesso na explicação de hipóteses ecológicas e no que se refere a gerenciamento de recursos naturais. A desvantagem dessa abordagem é que os modelos macroscópicos possuem algumas limitações, já que, por questões analíticas amostrais, esses modelos tendem a desconsiderar populações e assembleias em menor escala espacial.


Assim, podemos definir padrões ecológicos como ferramentas de estudo das interações entre indivíduos de diferentes espécies, e entre o meio no qual estão inseridos, numa abordagem ecológica à nível de diferentes escalas de paisagem.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas