A maior rede de estudos do Brasil

Oque é julgamente antecipado do merito e o julgamente antecipado parcial do mérito?


2 resposta(s)

User badge image

Elisson Peres

Há mais de um mês

Julgamento antecipado do mérito é quando o processo se encontra maduro ao ponto de não depender mais de provas, pulando essa fase processual e pode ser julgado, ocorre geralmente quando é matéria de direito; enquanto julgamento antecipado parcial do mérito é quando o magistrado já dá sentença parcial para antecipar decisão que pode ser decretada antes de analisar todas as demais provas dos autos, pelo juiz já está convencido de determinados pedidos da inicial.

Julgamento antecipado do mérito é quando o processo se encontra maduro ao ponto de não depender mais de provas, pulando essa fase processual e pode ser julgado, ocorre geralmente quando é matéria de direito; enquanto julgamento antecipado parcial do mérito é quando o magistrado já dá sentença parcial para antecipar decisão que pode ser decretada antes de analisar todas as demais provas dos autos, pelo juiz já está convencido de determinados pedidos da inicial.

User badge image

Júnior Oliveira

Há mais de um mês

O julgamento antecipado do mérito é regulado pelos artigos 355 e 356 do CPC e se caracteriza nos casos em que o juiz não mais necessita (ou não necessitou) de produção de provas para formação de seu convencimento, a saber:

Art. 355. O juiz julgará antecipadamente o pedido, proferindo sentença com resolução de mérito, quando:

I - não houver necessidade de produção de outras provas;

II - o réu for revel, ocorrer o efeito previsto no art. 344 e não houver requerimento de prova, na forma do art. 349 .

 

Assim, conclui-se que o julgamento antecipado do mérito nada mais é do que uma decisão proferida por juiz que prescinde de arcabouço probatório, ou diante de réu considerado revel.

Nesse diapasão, também é possível que o julgamento antecipado se dê de forma parcial, conforme dispõe o art. 356 do CPC, a saber:

Art. 356 - O juiz decidirá parcialmente o mérito quando um ou mais dos pedidos formulados ou parcela deles:

I – mostrar-se incontroverso;

II – estiver em condições de imediato julgamento, nos termos do art. 355 .

§ 1º A decisão que julgar parcialmente o mérito poderá reconhecer a existência de obrigação líquida ou ilíquida.

§ 2º A parte poderá liquidar ou executar, desde logo, a obrigação reconhecida na decisão que julgar parcialmente o mérito, independentemente de caução, ainda que haja recurso contra essa interposto.

§ 3º Na hipótese do § 2º, se houver trânsito em julgado da decisão, a execução será definitiva.

§ 4º A liquidação e o cumprimento da decisão que julgar parcialmente o mérito poderão ser processados em autos suplementares, a requerimento da parte ou a critério do juiz.

§ 5º A decisão proferida com base neste artigo é impugnável por agravo de instrumento.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes