A maior rede de estudos do Brasil

resumo de tronco encefálico

Neuroanatomia

UNIFAL


1 resposta(s)

User badge image

Hellena D'araujo

Há mais de um mês

Tronco cerebral ou tronco encefálico é a porção do sistema nervoso central, situada entre a medula espinhal e o diencéfalo, sendo quase na sua totalidade intracraniano (apenas uma porção do bulbo é exocraniana). Ocupa a fossa craniana posterior diante do cerebelo.

O tronco encefálico é composto por 3 partes: Mesencéfalo, Ponte de Varólio e Bolbo raquídeo.

Funções: 

  • Na função de condução – por este passam as vias ascendentes que atingem o tálamo e o cerebelo, ou ainda as vias descendentes que vão para a medula espinhal.
  • Na função de integração – como a integração da actividade respiratória e vascular e alguma regulação consciente. A grande maioria desta informação está contida na formação reticular.
  • Na função dos nervos cranianos – quase todos os nervos cranianos (excepto o nervo olfativo e o nervo óptico que projectam para o telencéfalo e para o diencéfalo respectivamente) tem sua origem real e aparente no tronco encefálico. Desta forma, uma quantidade grande de informação sensitiva e motora dos núcleos dos nervos cranianos pode ser encontrada nos diferentes níveis do tronco cerebral.

 

Tronco cerebral ou tronco encefálico é a porção do sistema nervoso central, situada entre a medula espinhal e o diencéfalo, sendo quase na sua totalidade intracraniano (apenas uma porção do bulbo é exocraniana). Ocupa a fossa craniana posterior diante do cerebelo.

O tronco encefálico é composto por 3 partes: Mesencéfalo, Ponte de Varólio e Bolbo raquídeo.

Funções: 

  • Na função de condução – por este passam as vias ascendentes que atingem o tálamo e o cerebelo, ou ainda as vias descendentes que vão para a medula espinhal.
  • Na função de integração – como a integração da actividade respiratória e vascular e alguma regulação consciente. A grande maioria desta informação está contida na formação reticular.
  • Na função dos nervos cranianos – quase todos os nervos cranianos (excepto o nervo olfativo e o nervo óptico que projectam para o telencéfalo e para o diencéfalo respectivamente) tem sua origem real e aparente no tronco encefálico. Desta forma, uma quantidade grande de informação sensitiva e motora dos núcleos dos nervos cranianos pode ser encontrada nos diferentes níveis do tronco cerebral.

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes