SCHERWITZ, Débora Perilo. Disponível em: Acesso em: 06 jun. 2019. (adaptado)

Temos por Dignidade da Pessoa Humana a qualidade intrínseca e distintiva de cada ser humano que o faz merecedor do mesmo respeito e consideração por parte do Estado e da comunidade, implicando, neste sentido, um complexo de direitos e deveres fundamentais que assegurem a pessoa tanto contra todo e qualquer ato de cunho degradante e desumano, como venham a lhe garantir as condições existenciais mínimas para uma vida saudável, além de propiciar e promover sua participação ativa coresponsável nos destinos da própria existência e da vida em comunhão dos demais seres humanos.
O  direito  fundamental  ao ambiente sadio  e ecologicamente equilibrado,  efetivamente, apoia-se no princípio  da Dignidade da Pessoa Humana. Encontra  estreito vínculo ao direito fundamental à vida e, neste sentido observa Edis Milaré que: O reconhecimento do direito a um meio ambiente sadio configura-se, na verdade, como extensão do direito à vida, quer sob o enfoque da própria existência física e saúde dos seres humanos, quer sob o enfoque da dignidade desta existência – a qualidade de vida -, que faz com que valha a pena viver. (MILARÉ, 2006, p.137).
Paulo Affonso Leme Machado (2006)  observa que a saúde dos seres humanos não existe somente numa contraposição a não ter doenças diagnosticadas no presente. Leva-se em conta o estado dos elementos da Natureza – água, solo, ar, flora, fauna e paisagem – para se aquilatar se esses elementos se estão em estado de sanidade e de seu uso advenham saúde ou doenças e incômodos para os seres humanos.

Considerando as informações apresentadas, analise as seguintes afirmações:

 

I. A Dignidade da Pessoa Humana é um princípio não natural, mas socialmente atribuído aos indivíduos  inseridos no contexto civilizatório.
II. O princípio da dignidade da pessoa humana se resume aos direitos que asseguram que todos os indivíduos tenham uma vida em comunidade saudável e segura.
III. O princípio da Dignidade  da Pessoa Humana dá suporte ao direito de que todo e qualquer cidadão tenha também um ambiente  sadio e ecologicamente equilibrado.
IV. A ideia de saúde não fala apenas de se estar livre de doenças, mas diz respeito, ainda, a se ter o meio ambiente equilibrado, incluindo a qualidade da água, do solo, do ar, dentre outros.

 

É correto o que se afirma em:

Disciplina:Sistemas para Internet1.519 materiais