A maior rede de estudos do Brasil

QUESTÃO: DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO.

Ex-dirigente de federação sul-americana de futebol, após

deixar o cargo que exercia em seu país de origem, sabedor de

que existe uma investigação em curso na Colômbia, opta por

fixar residência no Brasil, pelo fato de ser estrangeiro casado

com brasileira, com a qual tem dois filhos pequenos. Anos

depois, já tendo se naturalizado brasileiro, o governo da

Colômbia pede a sua extradição em razão de sentença que o

condenou por crime praticado quando ocupava cargo na

federação sul-americana de futebol.

Essa extradição

 

  • a) não poderá ser concedida, porque o Brasil não extradita seus nacionais.
  • b) não poderá ser concedida, porque o extraditando tem filhos menores sob sua dependência econômica.
  • c) poderá ser concedida, porque o extraditando não é brasileiro nato.
  • d) poderá ser concedida se o país de origem do extraditando tiver tratado de extradição com a França.

2 resposta(s)

User badge image

Luc Fgl

Há mais de um mês

Resposta letra B: o fato de haver dependência econômica dos filhos menores de 18 anos é o único motivo das opções capaz de barra a extradição.

Resposta letra B: o fato de haver dependência econômica dos filhos menores de 18 anos é o único motivo das opções capaz de barra a extradição.

User badge image

Paduan Seta Advocacia

Há mais de um mês

a) não poderá ser concedida, porque o Brasil não extradita seus nacionais.

Incorreto, pelo fato de não ser nacional.

b) não poderá ser concedida, porque o extraditando tem filhos menores sob sua dependência econômica.

Incorreto, pois não há essa vedação para o casa de extradição.

c) poderá ser concedida, porque o extraditando não é brasileiro nato.

Correto. Conforme previsto no artigo 5º da Constituição Federal:

CF, art 5º, LI - nenhum brasileiro será extraditado, salvo o naturalizado, em caso de crime comum, praticado antes da naturalização, ou de comprovado envolvimento em tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, na forma da lei;

d) poderá ser concedida se o país de origem do extraditando tiver tratado de extradição com a França.

Incorreto, pois não há correlação com tratado de extradição.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes