A maior rede de estudos do Brasil

o que eletroterapia aplicada a biomédica

Enfermagem

UNITRI


1 resposta(s)

User badge image

Alberto Mourão

Há mais de um mês

A ELETROTERAPIA de uma forma geral consiste no uso de correntes elétricas aplicadas por meio de aparelhos que utilizam uma intensidade de corrente muito baixa, como miliamperes e microamperes.

Os eletrodos são aplicados diretamente sobre a pele e o organismo será o condutor. Na eletroterapia temos que considerar parâmetros como: resistência, intensidade, voltagem potência e condutividade.

Os equipamentos atuais empregam diferentes tipos de correntes, onde o aparelho emite a energia eletromagnética que é então conduzida através de cabos condutores até os eletrodos que ficam aderidos à pele do paciente.

Outras formas incluem a utilização de agulhas ao invés de eletrodos, no entanto essas agulhas são posicionadas superficialmente de forma semelhante ao que se aplica em acupuntura, jamais chegando a órgãos internos, sejam esses ocos ou não.

Há uma série de técnicas que são denominadas ELETROTERAPIA. São elas sonoforese, iontoforese, radiofreqüência, luz intensa pulsada e LEDs.

O que irá diferir de uma técnica para a outra são as correntes que poderão ser utilizadas na eletroterapia, cada qual com particularidades próprias quanto às indicações e contraindicações.

A ELETROTERAPIA de uma forma geral consiste no uso de correntes elétricas aplicadas por meio de aparelhos que utilizam uma intensidade de corrente muito baixa, como miliamperes e microamperes.

Os eletrodos são aplicados diretamente sobre a pele e o organismo será o condutor. Na eletroterapia temos que considerar parâmetros como: resistência, intensidade, voltagem potência e condutividade.

Os equipamentos atuais empregam diferentes tipos de correntes, onde o aparelho emite a energia eletromagnética que é então conduzida através de cabos condutores até os eletrodos que ficam aderidos à pele do paciente.

Outras formas incluem a utilização de agulhas ao invés de eletrodos, no entanto essas agulhas são posicionadas superficialmente de forma semelhante ao que se aplica em acupuntura, jamais chegando a órgãos internos, sejam esses ocos ou não.

Há uma série de técnicas que são denominadas ELETROTERAPIA. São elas sonoforese, iontoforese, radiofreqüência, luz intensa pulsada e LEDs.

O que irá diferir de uma técnica para a outra são as correntes que poderão ser utilizadas na eletroterapia, cada qual com particularidades próprias quanto às indicações e contraindicações.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes