A maior rede de estudos do Brasil

Quais são as características centrais dos Jogos empresariais?Como eles auxiliam no desenvolvimento de projeção e construção de cenários empresariais?


1 resposta(s)

User badge image

Elza

Há mais de um mês

Essas são as sete características básicas dos jogos de empresas:

  • os jogos apresentam um ambiente fictício que demonstra os elementos do panorama real não nitidamente representados por pessoas nos jogos;
  • todas as condições de decisão estão apresentadas nos padrões dos jogos, embora algumas de maneira simples e precisa, enquanto outras só são reveladas de modo bastante genérico e superficial;
  • eles desenvolvem interações entre os jogadores e o meio simulado, como firmas competindo por um mercado;
  • por mais complicados que sejam, os jogos serão sempre mais fáceis do que a realidade;
  • definem participações distintas, sejam estas organizadas ou não;
  • possuem regras claras, objetivas e bem definidas pelos participantes;
  • há livre criação de cenários para um jogo envolvente e atrativo.

Jogos empresariais são muito dinâmicos e flexíveis. Em vista disso, o professor ou consultor pode adaptá-los quando desejar, alterando as tendências socioeconômicas e incluindo as modificações da legislação.

 

Os jogos garantem um melhor aprendizado e treinamento das habilidades por meio de uma metodologia de simulação que interage com situações definidas pelos participantes, saindo da teoria e, literalmente, pondo a mão na massa.

Esse tipo de ação visa buscar resultados qualitativos dos jogadores, sendo o objetivo do jogo estimular a capacidade já existente em cada participante. Seu intuito é de implementar e aprimorar o planejamento estratégico, incitar o pensamento criativo, permitir a observação de processos e melhorar o trabalho em grupo.

Seus desafios estimulam o aprendizado dos estudantes e permitem que eles vivenciem assuntos e cenários do ramo empresarial, capacitando-os para a realidade do mercado de trabalho.

Os jogos empresariais oferecem uma nova perspectiva, saindo do tédio das aulas convencionais e aplicando na prática as teorias aprendidas em sala de aula. Seus principais objetivos são:

  • Treinamento: desenvolver nos alunos a capacidade de tomar decisões por meio de experiências e exercícios num ambiente fictício, tão semelhante quanto possível à situação real, na qual desafios terão que ser verdadeiramente enfrentados.
  • Técnicas: ensinar métodos de administração de empresas de maneira simples e intuitiva por meio do cenário apresentado.
  • Pesquisas: fazer uso do cenário criado pelo jogo para descobrir maneiras de resolver problemas empresariais; explicar e testar os elementos das teorias econômica e administrativa e fazer uma análise comportamental individual e grupal dos jogadores.

 

Hoje em dia, as companhias necessitam de profissionais multifuncionais que sejam criativos, flexíveis, dinâmicos, proativos, empreendedores e que entendam as dores do cliente. Por esses motivos, foi revista a utilidade de oferecer treinamentos aos profissionais com perfis promissores. Assim, os jogos de empresas vêm sendo muito utilizados pelas instituições de ensino e organizações.

Essas são as sete características básicas dos jogos de empresas:

  • os jogos apresentam um ambiente fictício que demonstra os elementos do panorama real não nitidamente representados por pessoas nos jogos;
  • todas as condições de decisão estão apresentadas nos padrões dos jogos, embora algumas de maneira simples e precisa, enquanto outras só são reveladas de modo bastante genérico e superficial;
  • eles desenvolvem interações entre os jogadores e o meio simulado, como firmas competindo por um mercado;
  • por mais complicados que sejam, os jogos serão sempre mais fáceis do que a realidade;
  • definem participações distintas, sejam estas organizadas ou não;
  • possuem regras claras, objetivas e bem definidas pelos participantes;
  • há livre criação de cenários para um jogo envolvente e atrativo.

Jogos empresariais são muito dinâmicos e flexíveis. Em vista disso, o professor ou consultor pode adaptá-los quando desejar, alterando as tendências socioeconômicas e incluindo as modificações da legislação.

 

Os jogos garantem um melhor aprendizado e treinamento das habilidades por meio de uma metodologia de simulação que interage com situações definidas pelos participantes, saindo da teoria e, literalmente, pondo a mão na massa.

Esse tipo de ação visa buscar resultados qualitativos dos jogadores, sendo o objetivo do jogo estimular a capacidade já existente em cada participante. Seu intuito é de implementar e aprimorar o planejamento estratégico, incitar o pensamento criativo, permitir a observação de processos e melhorar o trabalho em grupo.

Seus desafios estimulam o aprendizado dos estudantes e permitem que eles vivenciem assuntos e cenários do ramo empresarial, capacitando-os para a realidade do mercado de trabalho.

Os jogos empresariais oferecem uma nova perspectiva, saindo do tédio das aulas convencionais e aplicando na prática as teorias aprendidas em sala de aula. Seus principais objetivos são:

  • Treinamento: desenvolver nos alunos a capacidade de tomar decisões por meio de experiências e exercícios num ambiente fictício, tão semelhante quanto possível à situação real, na qual desafios terão que ser verdadeiramente enfrentados.
  • Técnicas: ensinar métodos de administração de empresas de maneira simples e intuitiva por meio do cenário apresentado.
  • Pesquisas: fazer uso do cenário criado pelo jogo para descobrir maneiras de resolver problemas empresariais; explicar e testar os elementos das teorias econômica e administrativa e fazer uma análise comportamental individual e grupal dos jogadores.

 

Hoje em dia, as companhias necessitam de profissionais multifuncionais que sejam criativos, flexíveis, dinâmicos, proativos, empreendedores e que entendam as dores do cliente. Por esses motivos, foi revista a utilidade de oferecer treinamentos aos profissionais com perfis promissores. Assim, os jogos de empresas vêm sendo muito utilizados pelas instituições de ensino e organizações.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes