Teoria da Literatura II

Trata-se de livro inacabado porque lhe falta a resposta. Resposta esta que espero que alguém no mundo ma dê. Vós? É uma história em tecnicolor para ter algum luxo, por Deus, que eu também preciso. Amém para nós todos".

LISPECTOR, C. A hora da estrela. Rio de Janeiro: Rocco, 1998, p. 10.

 

"Mas, ou muito me engano, ou acabo de escrever um capítulo inútil."

ASSIS, M. Memórias póstumas de Brás Cubas. São Paulo: Abril, 2010, p. 281.

Os trechos acima - o primeiro de autoria de Clarice Lispector, retirado da "Dedicatória do Autor" do livro A hora de Estrela e o segundo do autor canônico Machado de Assis, no capítulo "Inutilidade" da obra Memórias Póstumas de Brás Cubas - são exemplos de metaficção porque:

 

a )

 Os dois trechos utilizam do ato de escrever para dialogar com o leitor sobre o texto presente.
 

b )

 Para tratar sobre o tema das obras, os autores utilizaram de notas para orientar seu público, para que obtenham uma leitura mais proveitosa.
 

c )

 Ambos os trechos dialogam com o leitor sobre a importância da escrita e da leitura.
 

d )

 Machado de Assis ironiza o ato de leitura de sua obra, enquanto Clarice Lispector orienta seu público que não finalizou sua obra.
 

e )

 As obras de Lispector e Machado de Assis tratam sobre a importância da leitura e orientam o leitor nesse sentido.

Disciplina:Teoria da Literatura II1.519 materiais