A maior rede de estudos do Brasil

Quais são os íons com maior concentração intraneural?


6 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Os íons com maior concentração intraneural são o sódio \((\require{text}\text{Na}^{+})\)e o potássio \((\require{text}\text{K}^{-})\) responsáveis pela ocorrência da importantíssima bomba de sódio e potássio.

A bomba de sódio e potássio é um dos transportes ativos mais importantes, pois possui várias funções, como:

  • A manutenção do equilíbrio osmótico celular;
  • Estabelecimento de um potencial elétrico de membrana, do qual depende a transmissão do impulso nervoso e por consequência grande parte das funções animais;
  • A manutenção de altas concentrações intracelulares de íons potássio, importantes na síntese proteica e respiração celular.

O processo da bomba de sódio e potássio é mediado por uma proteína de membrana com atividade enzimática de quebra de ATP. Uma vez que a concentração de potássio é maior dentro da célula do que fora dela, a tendência é que mesmo saia da célula por difusão através da membrana. Para o sódio essa explicação também vale, só que no sentido inverso, já que a concentração do último é maior fora da célula do que dentro dela a tendência é que ele entre na célula por difusão. Dado que as quantidades de potássio e sódio são diferentes, proporcionalmente entra mais sódio do que sai potássio, logo o equilíbrio osmótico da célula seria perturbado devido a alteração da concentração desses íons. Por exemplo, a saída de potássio é prejudicial, pois é preciso grandes quantidades de potássio para respiração celular e síntese proteica.

Os íons com maior concentração intraneural são o sódio \((\require{text}\text{Na}^{+})\)e o potássio \((\require{text}\text{K}^{-})\) responsáveis pela ocorrência da importantíssima bomba de sódio e potássio.

A bomba de sódio e potássio é um dos transportes ativos mais importantes, pois possui várias funções, como:

  • A manutenção do equilíbrio osmótico celular;
  • Estabelecimento de um potencial elétrico de membrana, do qual depende a transmissão do impulso nervoso e por consequência grande parte das funções animais;
  • A manutenção de altas concentrações intracelulares de íons potássio, importantes na síntese proteica e respiração celular.

O processo da bomba de sódio e potássio é mediado por uma proteína de membrana com atividade enzimática de quebra de ATP. Uma vez que a concentração de potássio é maior dentro da célula do que fora dela, a tendência é que mesmo saia da célula por difusão através da membrana. Para o sódio essa explicação também vale, só que no sentido inverso, já que a concentração do último é maior fora da célula do que dentro dela a tendência é que ele entre na célula por difusão. Dado que as quantidades de potássio e sódio são diferentes, proporcionalmente entra mais sódio do que sai potássio, logo o equilíbrio osmótico da célula seria perturbado devido a alteração da concentração desses íons. Por exemplo, a saída de potássio é prejudicial, pois é preciso grandes quantidades de potássio para respiração celular e síntese proteica.

User badge image

Ana Clara

Há mais de um mês

íons orgânicos e K+, que compõe uma maior quantidade de carga que assim gera um diferêncial nas cargas dos lados intraneural e estraneural.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas