A maior rede de estudos do Brasil

Quais são as 5 fases do processo inflamatório agudo? Explique-as

Patologia IUniFG

3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O processo inflamatório é um mecanismo do corpo para se defender de agentes patogênicos.

Esse acontecimento se divide em cinco fases, no entanto é um fenômeno dinâmico, ocorrendo como um processo único.

As fases são: irritativa, vascular, exsudativa, degenarativa/necrótica e produtiva/reparativa.

A fase irritativa se caracteriza por modificações morfofuncionais e pela liberação de leucócitos para a defesa do organismo; A fase vascular tem esse nome pelo aumento da vascularização e permeabilidade do local afetado (o que causa calor e rubor, dois sinais cardinais de infecção); Ocorre então a fase exsudativa, quando são formados edemas pela movimentação de células e líquido para o foco da inflamação; A fase necrótica tem como característica a ocorrência da morte (e assim necrose) dos tecidos inflamados pela ação dos agentes patogênicos ou pela ação das outras fases; E por fim existe a fase reparativa, momento que tem como objetivo que finalmente se destrua o que sobrou do agente agressor e que o tecido seja reparado, com regeneração celular ou cicatrização.

O processo inflamatório é um mecanismo do corpo para se defender de agentes patogênicos.

Esse acontecimento se divide em cinco fases, no entanto é um fenômeno dinâmico, ocorrendo como um processo único.

As fases são: irritativa, vascular, exsudativa, degenarativa/necrótica e produtiva/reparativa.

A fase irritativa se caracteriza por modificações morfofuncionais e pela liberação de leucócitos para a defesa do organismo; A fase vascular tem esse nome pelo aumento da vascularização e permeabilidade do local afetado (o que causa calor e rubor, dois sinais cardinais de infecção); Ocorre então a fase exsudativa, quando são formados edemas pela movimentação de células e líquido para o foco da inflamação; A fase necrótica tem como característica a ocorrência da morte (e assim necrose) dos tecidos inflamados pela ação dos agentes patogênicos ou pela ação das outras fases; E por fim existe a fase reparativa, momento que tem como objetivo que finalmente se destrua o que sobrou do agente agressor e que o tecido seja reparado, com regeneração celular ou cicatrização.

User badge image

Kamili

Há mais de um mês

Fase irritativa: ocorrem modificações morfológicas e funcionais dos tecidos agredidos que promovem a liberação de mediadores químicos, que irão desencadear as outras fases inflamatórias.

Fase vascular: alterações hemodinâmicas da circulação e de permeabilidade vascular no local da agressão.

Fase exsudativa: essa fase é característica do processo inflamatório, e é formada pelos exsudato celular e plasmático (migração de líquidos e células para o foco inflamatório) oriundos do aumento da permeabilidade vascular.

Fase degenerativa-necrótica: composta por células com alterações degenerativas reversíveis ou não (neste caso, originando um material necrótico), derivadas da ação direta do agente agressor ou das modificações funcionais e anatômicas consequentes das três fases anteriores.

Fase produtiva-reparativa: aumento na quantidade dos elementos teciduais - principalmente células, resultado das fases anteriores. O objetivo é destruir o agente agressor e reparar o tecido agredido.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas