A maior rede de estudos do Brasil

O crescimento e a capacidade de sobrevivência de microrganismos nos alimentos

O crescimento e a capacidade de sobrevivência de microrganismos em um alimento dependem de fatores intrínsecos e extrínsecos. Cite todos estes fatores e de que forma eles poderão influenciar na multiplicação de microrganismos nos alimentos.

Microbiologia

Biológicas / Saúde


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Os microrganismos, como os especialistas em microbiologia já se basearam, pode-se dizer que podem ser encontrados em vários habitats, seja em nosso corpo, comida, solo, plantas, ar e em todas as superfícies ao nosso redor. dizem que os alimentos não são completamente estéreis, porque os microrganismos são onipresentes, mesmo que não sejam visíveis ao olho humano. Grande parte das doenças transmitidas por alimentos contaminados por microorganismos se deve à inoculaçãode microrganismos fora dos micróbios comuns de um alimento.

Quando os alimentos possuem naturalmente microorganismos, o conjunto de microorganismos organizados nos alimentos é conhecido como flora normal , que é do solo, ar ou água, e quando os alimentos contêm microorganismos que foram incorporados por nós ou por alguma superfície com a qual entraram em contato (não é comum em alimentos). A flora que possui um alimento pode ser classificada de acordo com o tipo de microrganismo que contém: benéfico, como a flora microbiana do iogurte; de deterioração, como laticínios decompostos por bactérias; e patógenoscomo flora patogênica nos alimentos, um exemplo é o estafilococo que causa intoxicação alimentar.

Os microrganismos, como os especialistas em microbiologia já se basearam, pode-se dizer que podem ser encontrados em vários habitats, seja em nosso corpo, comida, solo, plantas, ar e em todas as superfícies ao nosso redor. dizem que os alimentos não são completamente estéreis, porque os microrganismos são onipresentes, mesmo que não sejam visíveis ao olho humano. Grande parte das doenças transmitidas por alimentos contaminados por microorganismos se deve à inoculaçãode microrganismos fora dos micróbios comuns de um alimento.

Quando os alimentos possuem naturalmente microorganismos, o conjunto de microorganismos organizados nos alimentos é conhecido como flora normal , que é do solo, ar ou água, e quando os alimentos contêm microorganismos que foram incorporados por nós ou por alguma superfície com a qual entraram em contato (não é comum em alimentos). A flora que possui um alimento pode ser classificada de acordo com o tipo de microrganismo que contém: benéfico, como a flora microbiana do iogurte; de deterioração, como laticínios decompostos por bactérias; e patógenoscomo flora patogênica nos alimentos, um exemplo é o estafilococo que causa intoxicação alimentar.

User badge image

Thayken Tay

Há mais de um mês

Fatores que influenciam o crescimento microbiano são: extrinsecos (temperatura, umidade); intrínsecos (pH, nutrientes do meio, potencial de oxidoredução, interação de microorganismos)

User badge image

Cristhiane Silva

Há mais de um mês

FATORES QUE AFETAM O CRESCIMENTO MICROBIANO
Um alimento é uma matriz quimicamente complexa e, por isso, prever como e o quão
rápido os microrganismos se desenvolverão é bastante difícil. A maioria dos alimentos contém
nutrientes suficientes para sustentar o crescimento microbiano. Muitos fatores podem propiciar,
prevenir ou limitar o crescimento de microrganismos em alimentos, sendo que os mais
importantes são Atividade de Água (Aw), pH e temperatura.
Os fatores que afetam o desenvolvimento bacteriano são divididos em dois grupos:
parâmetros intrínsecos e extrínsecos, que afetam o crescimento microbiano em alimentos.
Os parâmetros extrínsecos são aquelas propriedades do meio (processamento e
armazenamento) que existem fora do alimento, que afetam ambos, os alimentos e os
microrganismos que estão neles. Por outro lado, os parâmetros intrínsecos são propriedades
que fazem parte do alimento, por exemplo, os tecidos são uma parte inerente do animal que,
sob diversas condições, podem promover crescimento dos microrganismos.
Porém é importante ressaltar que é a inter-relação entre os fatores que irá definir se
haverá ou não crescimento microbiano em determinado alimento. Frequentemente, os resultados
dessas inter-relações não são previsíveis devido ao pouco conhecimento a respeito de
sinergismos ou antagonismos eventuais.
 Exemplo da importância de conhecer as inter-relações dos fatores:
A prevenção do crescimento de Clostridium botulinum. Os alimentos com pH 5,0 (dentro
da faixa de crescimento do C. botulinum) e Atividade de Água 0,935 (acima do valor mínimo
para o C. botulinum) podem não permitir o crescimento dessa bactéria.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas