A maior rede de estudos do Brasil

O que é direito público e direito privado?


7 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Júnior Oliveira Verified user icon

Há mais de um mês

Pode-se conceituar o direito público como sendo o conjunto de normas jurídicas que disciplinam o exercício das atividades públicas (ou das funções públicas), ao passo que direito privado pode ser definido como o conjunto de normas que disciplinam o exercício das atividades privadas

Contudo, em tempos de direito privado constitucionalizado, falar-se em dicotomia público-privado ou em intersecções jurídicas entre o público e o privado é contraproducente, pois atrasa e, em certa medida, opõe-se à plena constitucionalização do direito. 

Por tais razões, inexistindo verdadeira dicotomia entre o público e o privado, já que a sociedade moderna passou a apresentar questões que evidenciavam o abismo existente entre o direito público e o privado, seja pelo ressurgimento de corpos intermediários entre o indivíduo e o Estado, seja pela conflituosidade de massa. Esse é o entendimento de MAURO CAPELLETTI (Formações sociais e interesses coletivos diante da justiça civil, p. 135.):

 

A summa divisio aparece irreparavelmente superada diante da realidade social de nossa época, que é infinitamente mais complexa, mais articulada, mais 'sofisticada' do que aquela simplista dicotomia tradicional. Em nossa época, já tivemos oportunidade de ver (...) novos interesses 'difusos', novos direitos e deveres que, sem serem públicos no senso tradicional da palavra, são, no entanto, coletivos: desses ninguém e 'titular', ao mesmo tempo em que todos os membros de um dado grupo, classe ou categoria, deles são titulares.

Pode-se conceituar o direito público como sendo o conjunto de normas jurídicas que disciplinam o exercício das atividades públicas (ou das funções públicas), ao passo que direito privado pode ser definido como o conjunto de normas que disciplinam o exercício das atividades privadas

Contudo, em tempos de direito privado constitucionalizado, falar-se em dicotomia público-privado ou em intersecções jurídicas entre o público e o privado é contraproducente, pois atrasa e, em certa medida, opõe-se à plena constitucionalização do direito. 

Por tais razões, inexistindo verdadeira dicotomia entre o público e o privado, já que a sociedade moderna passou a apresentar questões que evidenciavam o abismo existente entre o direito público e o privado, seja pelo ressurgimento de corpos intermediários entre o indivíduo e o Estado, seja pela conflituosidade de massa. Esse é o entendimento de MAURO CAPELLETTI (Formações sociais e interesses coletivos diante da justiça civil, p. 135.):

 

A summa divisio aparece irreparavelmente superada diante da realidade social de nossa época, que é infinitamente mais complexa, mais articulada, mais 'sofisticada' do que aquela simplista dicotomia tradicional. Em nossa época, já tivemos oportunidade de ver (...) novos interesses 'difusos', novos direitos e deveres que, sem serem públicos no senso tradicional da palavra, são, no entanto, coletivos: desses ninguém e 'titular', ao mesmo tempo em que todos os membros de um dado grupo, classe ou categoria, deles são titulares.

User badge image

Vitória

Há mais de um mês

Direito Público é o conjunto de normas que disciplina os interesses do Estado, seja internamente como em relação aos interesses particulares. ... É competência do Direito Público estabelecer a subordinação entre o público e o privado.

User badge image

Kelly

Há mais de um mês

Eu tanbem não sei alguém pode me ajudar
User badge image

Jéssica

Há mais de um mês

O Direito Público rege os interesses estatais e sociais. Suas normas encontram-se no direito constitucional, administrativo, processual, tributário, penal e eleitoral. Tem a função de tratar das relações internacionais entre Estados soberanos, as normas utilizadas para tanto são as de Direito Internacional Público, ou seja, convenções e tratados que os chefes de estado firmam com organizações internacionais.

Já o Direito Privado é formado por normas que tem por matéria as relações existentes entre os particulares relativas à vida privada, e as relações patrimoniais ou extra patrimoniais.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas