A maior rede de estudos do Brasil

Como a célula animal faria para manter seu potencial de membrana? (Explicar  sobre a composição  da membrana e Bomba de Na/K)

Biologia CelularBiológicas / Saúde

3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O potencial de membrana celular consiste da diferença de potencial elétrico entre o meio intracelular e o extracelular.

Devido ao meio intracelular ser mais negativo que o extracelular, o potencial de membrana é negativo, variando de -30 mV até -90 mV, aproximadamente. Porém, esse potencial varia com o tempo sendo necessário um mecanismo de controle. Tal mecanismo é a bomba de sódio e potássio.

A membrana celular separa o meio extracelular, que possui concentração de íons sódio (Na+) maior do que a do meio intracelular, do meio intracelular que possui uma concentração maior de íons potássio (K+). A bomba de sódio e potássio consiste em proteínas de membrana (ATPase) realizarem o transporte de íons de sódio para fora e de íons de potássio para dentro da célula.

Portanto, a célula animal pode manter o potencial de membrana por meio do mecanismo chamado bomba de sódio e potássio que consiste do trânsito de íons de sódio e potássio ao longo da membrana por meio da proteína de membrana ATPase.

O potencial de membrana celular consiste da diferença de potencial elétrico entre o meio intracelular e o extracelular.

Devido ao meio intracelular ser mais negativo que o extracelular, o potencial de membrana é negativo, variando de -30 mV até -90 mV, aproximadamente. Porém, esse potencial varia com o tempo sendo necessário um mecanismo de controle. Tal mecanismo é a bomba de sódio e potássio.

A membrana celular separa o meio extracelular, que possui concentração de íons sódio (Na+) maior do que a do meio intracelular, do meio intracelular que possui uma concentração maior de íons potássio (K+). A bomba de sódio e potássio consiste em proteínas de membrana (ATPase) realizarem o transporte de íons de sódio para fora e de íons de potássio para dentro da célula.

Portanto, a célula animal pode manter o potencial de membrana por meio do mecanismo chamado bomba de sódio e potássio que consiste do trânsito de íons de sódio e potássio ao longo da membrana por meio da proteína de membrana ATPase.

User badge image

Ciências Biológicas

Há mais de um mês

Todas as células animais são envolvidas por uma membrana constituída por uma bicamada lipídica que contém proteínas incorporadas. A membrana celular serve tanto como isolante quanto como barreira de difusão para o movimento de íons. As bombas de íons, que são proteínas transmembranares, empurram os íons para que cruzem a membrana, através dos canais iônicos, assim modificando os gradientes de concentração. Bombas iónicas e canais iônicos são eletricamente equivalentes a um conjunto de pilhas e resistores inseridos na membrana e criam uma diferença de tensão entre os dois lados da membrana, regulando as concentrações de íons no citoplasma, separado pela bicapa lipídica da membrana plasmática.[1]

Muitos íons têm um gradiente de concentração através da membrana, incluindo o potássio (K+), que está a uma concentração elevada no interior da célula e a uma baixa concentração no exterior. Sódio (Na +) e Cloreto (Cl-) estão em concentrações elevadas na região extracelular, e baixas concentrações nas regiões intracelulares. Estes gradientes de concentração possuem a energia potencial necessária para conduzir a formação do potencial de membrana.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas