A maior rede de estudos do Brasil

Em sua reflexão intitulada "Não há docência sem discência" Paulo Freira defende que:

FilosofiaESTÁCIO

3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A docência é o termo utilizado para caracterizar o ato de ensinar, como papel do professor, enquanto a discência é o termo que representa o ato de aprender, como o papel do aluno.

Para Paulo Freira, o ato de ensinar é impossibilitado sem o ato de aprender, ou seja, é uma via de mão dupla: o desejo de aprender, o protagonismo do aluno, devem estar presentes para que o ensino seja feito de forma correta, a medida que o professor de forma independente é incapaz (não por falta de habilidades e conhecimento) de ensinar alguém que não quer aprender.

Portanto, Paulo Freira defende que o aluno deve ser o protagonista no processo de aprendizado, não o professor.

A docência é o termo utilizado para caracterizar o ato de ensinar, como papel do professor, enquanto a discência é o termo que representa o ato de aprender, como o papel do aluno.

Para Paulo Freira, o ato de ensinar é impossibilitado sem o ato de aprender, ou seja, é uma via de mão dupla: o desejo de aprender, o protagonismo do aluno, devem estar presentes para que o ensino seja feito de forma correta, a medida que o professor de forma independente é incapaz (não por falta de habilidades e conhecimento) de ensinar alguém que não quer aprender.

Portanto, Paulo Freira defende que o aluno deve ser o protagonista no processo de aprendizado, não o professor.

User badge image

Késsia

Há mais de um mês

Numa perspectiva crítica, educador e educando são igualmente sujeitos num processo educativo.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas