A maior rede de estudos do Brasil

No regime de construção por administração, a incorporadora é parte legítima em ação que visa à restituição de parcelas pagas?

Direito ImobiliárioHumanas / Sociais

2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Paduan Seta Advocacia Verified user icon

Há mais de um mês

Não. A incorporadora é parte ilegítima em ação que visa a restituição de parcelas pagas no regime de construção por administração. Inclusive é esse o entendimento do Superior Tribunal de Justiça (STJ):

1. Em se tratando de construção sob o regime de administração, a incorporadora é parte ilegítima para figurar no pólo passivo de demanda que visa à restituição de valores pagos por adquirenle que se tornou inadimplente. Precedente.

Não. A incorporadora é parte ilegítima em ação que visa a restituição de parcelas pagas no regime de construção por administração. Inclusive é esse o entendimento do Superior Tribunal de Justiça (STJ):

1. Em se tratando de construção sob o regime de administração, a incorporadora é parte ilegítima para figurar no pólo passivo de demanda que visa à restituição de valores pagos por adquirenle que se tornou inadimplente. Precedente.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas