A maior rede de estudos do Brasil

o que é a morfossintaxe na libras?

LibrasUFSCAR

2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A morfossintaxe caracteriza-se como sendo a análise morfológica e sintática, realizada simultaneamente.

Mas para que sua compreensão seja efetivada de forma plausível, faz-se necessário entender, antes de tudo, que a análise morfológica diz respeito às dez classes gramaticais; e a análise sintática faz referência às funções desempenhadas por uma dada palavra, estando ela inserida num contexto oracional.

Quando Estamos analisando uma oração, considerando a relação entre a classe gramatical de uma palavra e sua função sintática, estamos fazendo uma análise morfossintática. A morfossintaxe, portanto, pode ser vista como a junção de uma análise morfológica com uma análise sintática.

A morfossintaxe caracteriza-se como sendo a análise morfológica e sintática, realizada simultaneamente.

Mas para que sua compreensão seja efetivada de forma plausível, faz-se necessário entender, antes de tudo, que a análise morfológica diz respeito às dez classes gramaticais; e a análise sintática faz referência às funções desempenhadas por uma dada palavra, estando ela inserida num contexto oracional.

Quando Estamos analisando uma oração, considerando a relação entre a classe gramatical de uma palavra e sua função sintática, estamos fazendo uma análise morfossintática. A morfossintaxe, portanto, pode ser vista como a junção de uma análise morfológica com uma análise sintática.

User badge image

Rayane

Há mais de um mês

A LIBRAS é a língua materna da comunidade surda. Apesar de uma grande parcela do quantitativo supracitado, infelizmente, não ser alfabetizado na Língua Brasileira de Sinais, esse é o primeiro idioma no qual um surdo deve ser alfabetizado. Isso o ajuda na sua construção e reconhecimento de identidade enquanto cidadão e sujeito detentor de uma cultura e língua próprias.

A LIBRAS não é uma linguagem e, tão pouco, mímica. Ela está longe de ser uma livre comunicação gestual tentando se aproximar de conceitos orais do português. Na realidade, a LIBRAS corresponde a um sistema linguístico de natureza visual-motora complexo, com estrutura gramatical e regras próprias pertencentes a um grupo específico (a comunidade surda) e que continua crescendo e se atualizando constantemente.

A LIBRAS não é universal. Como o próprio nome diz, ela é a língua própria do Brasil assim como existe a Língua de Sinais Americana (American Sign Language) nos EUA e parte do Canadá e a Língua Italiana de Sinais (Lingua Italiana dei Segni), por exemplo. Inclusive, a LIBRAS apresenta diferentes sinais com o mesmo significado dependendo do estado em que é utilizada aqui mesmo no nosso país, bem como as palavras em português.

Os saraus e poesias em LIBRAS são simplesmente deslumbrantes. Se “uma imagem fala mais que mil palavras”, um sinal de um poeta ou poetisa surdo ou surda comunica mais mil imagens. Eles transbordam criatividade, senso crítico e sentimento através da LIBRAS e alicerçados pelas mais incríveis expressões faciais e corporais. Arte surda de surdo para surdo e sem preconceitos com o público em geral (um verdadeiro ensinamento para muitos ouvintes).

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas