A maior rede de estudos do Brasil

Quando o farmaco impede a ação de um ligante éndogeno ou exógeno é denominado

Farmacologia IUNINASSAU

4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Em farmacologia, temos que um composto químico que se liga a um receptor sem ativá-lo é chamado antagonista. Os antagonistas agem impedindo que os agonistas (compostos que ativam os receptores) se liguem a esses receptores. Quando isso acontece, a ação que seria causada pela ativação do receptor não acontece, pois as respostas dos neurotransmissores são diminuídas. Os antagonistas podem ser classificados em: parcial ou total, reversível ou irreversível e competitivo ou alostérico.

Assim, quando utilizamos um fármaco com o objetivo de impedir que ligantes endógenos ou exógenos atuem no receptor, temos que esse fármaco é um antagonista.

Em farmacologia, temos que um composto químico que se liga a um receptor sem ativá-lo é chamado antagonista. Os antagonistas agem impedindo que os agonistas (compostos que ativam os receptores) se liguem a esses receptores. Quando isso acontece, a ação que seria causada pela ativação do receptor não acontece, pois as respostas dos neurotransmissores são diminuídas. Os antagonistas podem ser classificados em: parcial ou total, reversível ou irreversível e competitivo ou alostérico.

Assim, quando utilizamos um fármaco com o objetivo de impedir que ligantes endógenos ou exógenos atuem no receptor, temos que esse fármaco é um antagonista.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas